Piloto ouviu diálogo de voo da Chapo com a torre: ‘Ajuda, ajuda’

By -
O avião da Lamia caiu nesta terça-feira na Colômbia

O avião da Lamia caiu nesta terça-feira na Colômbia

O avião da empresa área Lamia que caiu nesta terça-feira na Colômbia voou acima de um da Avianca que também aguardava permissão para pousar no aeroporto de Medellín. O piloto desta última aeronave relatou ao “El Espectador” que ouviu o diálogo entre a tripulação do avião que caiu e a torre de controle. Segundo ele, o piloto da Lamia pediu a prioridade do controlador para continuar o voo, relatando problemas de combustível, mesmo antes de declarar emergência. “Solicitamos prioridade para prosseguir, temos problemas de combustível”.

O controlador do aeroporto internacional Jose Maria Cordova negou o pedido porque a prioridade foi para um avião da VivaColombia, que também estava com problemas. “Quando o avião começou a descer, ele declarou a situação de emergência”, contou o piloto da Avianca, que ainda viu as luzes quando eles começaram a descer.

Foi então que a controladora da torre respondeu para a tripulação do avião da Lamia, afirmando que eles poderiam prosseguir para a pista, relatando o problema de pane elétrica. A mulher disse que não havia contato com o radar e, cada vez mais desesperado, o piloto pediu ajuda pelo rádio. “Ajuda, ajuda, pediu o piloto gritando enquanto nós ouvíamos o rádio. Fez-se um silêncio e, de repente, não ouvimos nada. A controladora falou e nós começamos a chorar”, disse o piloto da aeronave da Avianca.

com Agência O Globo

Roberto Brasil