Operação ‘Maíra 6’ aplica R$ 220 mil em multas em áreas de Iranduba e Manacapuru

By -

unnamed-2

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) realizou entre os dias 24 e 28 de outubro a operação de fiscalização “Maíra 6”, em conjunto com policiais do Batalhão Ambiental nos municípios de Iranduba e Manacapuru. A operação resultou na aplicação de aproximadamente R$ 220 mil em multas.

O objetivo da operação é atender denúncias e verificar os licenciamentos ambientais dos empreendimentos na região, além de interromper atividades ilegais como desmatamento e queimadas.

unnamed-1

Foram visitadas 11 olarias, sendo três delas já embargadas e multadas. Uma das empresas estava multada pela ausência de licenciamento atualizado e pelo estoque de lenha sem Documento de Origem Florestal (DOF). Atividades ilegais como cativeiro de quelônios, apreensão de aves, extração de barro e desmate de área proteção permanente (APP) foram notificadas e interrompidas.

unnamed

Os analistas fiscais do IPAAM ainda realizaram a soltura de 37 quelônios no Rio Solimões e de 12 aves silvestres.

‘Maíra 5’ – Na operação anterior, “Maíra 5”, foram aplicados R$ 188.240,00 em multas na mesma região da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Rio Negro e os fiscais adotaram procedimentos administrativos.

unnamed-4

Desde março deste ano, a Gerência de Fiscalização do Ipaam vem realizando operações para combater atividades ambientais ilícitas. As multas aplicadas durante este ano nas fiscalizações “Maíra” somam em torno de R$ 600 mil. Também foram embargadas empresas irregulares junto ao Ipaam e apreendidos instrumentos utilizados para desmatamento e extração ilegal de areia e barro.

Mario Dantas