No Pronto Socorro do Hospital Delphina Aziz, 96,7% dos pacientes atendidos estão satisfeitos com o atendimento

By -

treinamento-em-eletrocardiograma

Com 96,7% dos pacientes satisfeitos com o atendimento, o Pronto-Socorro (PS) do Hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz recebe, em média, 15 mil pessoas por mês e, este ano, já realizou mais de 251 mil exames laboratoriais e de imagens. O percentual de satisfação é referente ao atendimento em outubro e foi aferido por pesquisa interna aplicada pelo Serviço de Atendimento do Usuário (SAU) do PS Delphina Aziz.

A unidade é vinculada à Secretaria Estadual de Saúde (Susam) e administrada pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (Imed). O Delphina Aziz conta com estruturas independentes para o atendimento de adultos e para o público infantil. Assim, o PS conta com atendimento de urgência e emergência nas especialidades de pediatria, clínica médica e cirurgia em geral. Na área do diagnóstico, a unidade conta com exames laboratoriais, raio-x, eletrocardiograma e ultrassonografia.

96-dos-pacientes-est_o-satisfeitos-com-o-atendimento

Entre os pacientes que buscaram atendimento em outubro, 2,4 mil foram ouvidos pela equipe do SAU. A satisfação dos usuários é mensurada mensalmente e auxilia a gestão do PS na correção de fluxos e processos com vistas a melhorar a performance de toda equipe como foco no acolhimento ao paciente.

Sempre citado por usuários, o atendimento humanizado é a grande inspiração de toda equipe que, constantemente, participa de treinamentos. De janeiro a outubro deste ano, o Imed promoveu  13 mil horas de capacitação voltadas para técnicas de cada área profissional, enfermagem, nutrição, fisioterapia e outros, além, treinamentos com enfoque no campo comportamental. Os cursos são direcionados para a qualidade assistencial e a segurança do paciente. Os profissionais que desenvolvem atividades na unidade e participaram das capacitações oferecidas atuam, também, em outras unidades que prestam assistência a saúde. Assim, as capacitações impactam em outros prontos-socorros e hospitais de Manaus.

“Sempre trago meus filhos aqui e traria outros parentes também”, comentou Jéssica Alvarenga, 25, mãe de Bianca Castro, 2. A filha de Jéssica esteve mais de quatro vezes no Delphina Aziz. Da última vez, com uma crise de asma. “Além de ser perto da minha casa, o atendimento é bom. Mesmo sendo um pronto-socorro, quando os médicos veem que é preciso fazer exames, eles solicitam e fazemos. Não é só receitar a medicação, tem horas que precisam investigar e aqui é verificado”, explica.

Alessandra Ferreira

Alessandra Ferreira

Alessandra Ferreira, 34, buscou atendimento no Delphina Aziz pela primeira vez nesta semana. “Achei toda equipe atenciosa. A médica especialmente. Ela me examinou de fato. Quando fui para o setor de medicação, fui muito bem trata pelas técnicas de enfermagem. Eu, sem dúvida, recomendaria para outras pessoas”, disse.

treinamento-sobre-posicionamento-do-paciente

“Confesso que me surpreendi com a qualidade. A limpeza é visível e as pessoas que trabalham nesse pronto-socorro público são atenciosas com os pacientes, isso me chamou atenção”, conta Siméia Figueiredo, 32, que levou a filha dela, Daiane Picanço, 12, para atendimento de urgência.

Reclamações e sugestões feitas no formulário da pesquisa aplicada pelo SAU ou em carta escrita a próprio punho são recebidas e encaminhadas aos setores envolvidos para soluções e melhorias. Aos pacientes é dado um retorno em até cinco dias por telefone.

Mario Dantas