Moro veta 21 questões de Eduardo Cunha a Michel Temer

By -
O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e o presidente da República Michel Temer

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e o presidente da República Michel Temer

O juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em Curitiba, indeferiu mais da metade das perguntas formuladas pelo ex-deputado federal Eduardo Cunha ao presidente Michel Temer, arrolado como testemunha de Cunha na ação penal em que ele é réu por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Após o filtro de Moro, apenas 20 dos 41 “quesitos” formulados pelos advogados de Eduardo Cunha serão encaminhados a Temer, que enviará seu depoimento por escrito ao magistrado.

Como justificativa para o indeferimento de 13 perguntas, notadamente as mais espinhosas a Temer, Moro afirma que não tem competência para investigar o presidente da República. Aos outros oito questionamentos indeferidos pelo magistrado, a negativa se deu “por falta de pertinência com objeto da ação penal”.

com Veja

Roberto Brasil