II – Festival do Jaraqui

By -

110299_697x437_crop_563e599590aad

O II Festival do Jaraqui vai acontecer neste próximo sábado (5/nov), a partir das 12h, no Clube Ao Mirante, localizado no bairro de Santo Antonio, próximo à Câmara Municipal de Manaus. De acordo com Paulo Onofre, idealizador e coordenador do evento, a previsão é de contar com a participação de 400 pessoas. “Além de reunir a sociedade constituída, a população em geral e várias lideranças sindicais, esse grande encontro tem a finalidade, também, de comemorar a vitória do prefeito, Arthur Neto, que foi reeleito para dirigir Manaus por mais um mandato, nos próximos quatro anos”, destaca.

 

       Para a realização do II Festival do Jaraqui, serão utilizados mais de 400 quilos do peixe que dá nome ao evento e que estarão à disposição dos participantes. “Festival semelhante a este já é realizado na cidade de Óbidos, no interior do Pará, onde existe há mais de duas décadas”, lembra Paulo Onofre.

       Quem participar da segunda edição do festival vai poder experimentar diferentes preparos do peixe, seja cozido, frito, em forma escabeche ou mujica de jaraqui. Para poder comer à vontade, o valor do convite é R$ 20,00, que pode ser adquirido no local do evento, ou pelo telefone (92) 99469-0169.

       De acordo com o idealizador da festa em Manaus, o agitador cultural Paulo Onofre, de 60 anos, o peixe mais popular da região precisava ser melhor reconhecido. Por isso, surgiu a idéia de promover um evento na cidade de Manaus. “Ano passado, foi o primeiro ano que realizamos essa programação aqui em Manaus e eu, particularmente, fiquei muito feliz. É um sonho antigo que foi realizado com sucesso”, comentou Paulo, adiantando que “o evento deu tão certo, que vamos realizar este ano. Já até podemos considerar como um evento que fará parte da programação de Manaus”, afirma Paulo.

       Durante a programação, cantores regionais irão se apresentar como banda Pegada do Arrocha e convidados, Pedrinho Ribeiro, Adal Silva, Maca, Celestina, Patriarca e Armando de Paula.

Mario Dantas