Governo do Amazonas inicia campanha pelo fim da violência contra a mulher

By -

violencia-mulheres

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria Executiva de Política para Mulheres (SEPM) da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), realiza a partir de hoje 25 (sexta-feira) de novembro a 10 de dezembro, a campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra às Mulheres”. O objetivo é fortalecer o enfrentamento à violência e sensibilizar a população sobre a temática. 

A abertura será hoje (25), data internacional da não-violência contra as mulheres, às 9h, no Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignolia (rua Gandú, 119, Cidade Nova, zona norte), com uma ação de cidadania (emissão de RG, CPF e carteira de trabalho; Unidade Móvel de Atendimento à Mulher do Campo e da Floresta; Ônibus da Justiça Itinerante do Tribunal de Justiça do Amazonas e da Defensoria Pública do Amazonas) e o anúncio das escolas vencedoras do 4º Concurso Estadual de Prevenção à Violência contra às Mulheres nas categorias cartaz, peça teatral, música e vídeo. No total são 20 premiações que variam entre tablets, headphone/headset, cestas natalinas, entre outros.

Na mesma data, às 15h, acontece o “Ato de Combate ao Assédio Moral e Sexual contra Mulheres” no SPA Alvorada (rua Loris Cordovil, s/nº, Alvorada, zona oeste).

“O primeiro dia será com a oferta de vários serviços jurídicos e de informação, rodas de conversa, panfletagem e a apresentação e premiação dos trabalhos dos estudantes que retratam o olhar deles diante dessa problemática. Em 16 dias, teremos uma vasta programação voltada ao enfrentamento à violência contra a mulher que não é somente física mas psicológica, sexual e até mesmo moral. Queremos chamar a atenção da sociedade para essa pauta que, no Amazonas, ainda é séria, mesmo com todos os recursos oferecidos pelo Governo através de uma rede de serviços completa que atende, inclusive, aos familiares”, informa a secretária da SEPM, Keyth Bentes.

Oficinas – O calendário inclui oficinas populares sobre o direito da mulher viver sem violência e Saúde Reprodutiva e DST/Aids das Mulheres voltadas às entidades da sociedade civil, poder público e privado; Elaboração do Plano Estadual de Políticas para as Mulheres (2016-2019); Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres e encerra com o Viradão dos Direitos Humanos.

Agenda

Dia Internacional da Não-Violência contra às Mulheres

-25/11 – Abertura da Campanha, Premiação do 4º Concurso Estadual de Prevenção à Violência contra às Mulheres e Ação de Cidadania

08h às 15h – Centro de Convivência da Família Pe. Pedro Vignolia

Rua Gandú, 119 bairro Cidade Nova

-25/11- Ato de Combate ao Assédio Moral e Sexual contra Mulheres

15h – SPA Alvorada

Rua Loris Cordovil bairro Alvorada

-21 a 30/11 – Oficinas Populares Viver Sem Violência é Direito de Toda Mulher

09h às 17h – Associações, empresas, Cras, escolas

-29/11 – Encontro de Elaboração do Plano Estadual de Políticas para às Mulheres (2016-2019)

09h às 17h – Auditório DDPM da SEMED

Rua Maceió bairro Adrianópolis, após o viaduto Miguel Arraes

 

Dia Mundial de Luta contra a Aids “Eu me importo – E Você?”

01/12 – Oficinas Populares Saúde Reprodutiva e DST/Aids das Mulheres

08h às 17h – Associações, empresas, Cras, escolas, etc

 

Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres

06/12 – Campanha do Laço Branco

Mobilização pelas redes sociais com depoimento de homens

06/12 – Oficinas Populares O Valente Não é Violento

08h às 17h – Associações, empresas, Cras, escolas, etc

 

Dia Internacional dos Direitos Humanos

10/12 – Viradão dos Direitos Humanos

17h às 00 – Centro de Manaus

Histórico – Os 16 dias da campanha (25/11 a 10/12) se referem a quatro datas significativas na luta pela erradicação da violência contra às mulheres e garantia dos direitos humanos.

25/11 – Dia internacional da não-violência contra às mulheres – Homenagem a “Las Mariposas”, codinome das irmãs Mirabal, heroínas que tiveram coragem e força de se opor à ditadura da época na República Dominicana.

01/12 – Dia mundial de combate à Aids – Inicia a campanha anual para estimular a prevenção e assim diminuir a disseminação do vírus HIV.

06/12 – Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra às Mulheres – Lembra o massacre das mulheres de Montreal (Canadá) – Em 1989 um estudante invadiu a Universidade de Montreal, armado e gritando que queria acertar feministas. Ele assassinou 14 alunas. A tragédia inspirou a criação da campanha do Laço Branco.

10/12 – Dia Internacional dos Direitos Humanos – A data celebra a adoção em 1984 da Declaração Universal dos Direitos Humanos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Áida Fernandes