Banzeiro do Bosco Saraiva

By -

banzeiro-politico-blogdafloresta 2014

O deputado Bosco Saraiva (PSDB) denunciou a existência de um garimpo ilegal de extração de outro do leito do rio Madeira, especificamente na comunidade Santa Rosa, no município de Novo Aripuanã (distante 227 km de Manaus), durante o Grande Expediente realizado na manhã desta quarta-feira (9), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Relatando ter recebido um relatório do secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM), Itamar de Oliveira Mar, informando a existência da atividade ilegal e contendo fotografias que mostrariam cerca de 600 balsas ancoradas naquela região, com milhares de homens operando drenagem no leito do rio Madeira.

O deputado classificou como “absurda” a situação, afirmando estar acontecendo também um crime ambiental, pois, segundo o relatório recebido pelo parlamentar, a atividade ocorreria dentro da reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Madeira.

“Chamo a atenção da Aleam e peço que nosso Parlamento acompanhe essa situação”, declarou Bosco, propondo uma visita ao município e pediu a participação de dos deputados Luiz Castro (Rede), Sinésio Campos (PT) e Dermilson Chagas (PEN), respectivamente presidentes da Comissão de Meio Ambiente, Comissão de Geodiversidade e Recursos Hídricos e Comissão de Pesca da Aleam. Os parlamentares apoiaram a proposta, e além da visita irão acionar os órgãos Estaduais e Municipais competentes, visando investigar a denúncia e punir os possíveis responsáveis.

Mario Dantas