Zumbi vence São Francisco na Copa Interbairros sub-17

By -

futebol-zumbi-e-sao-francisco 1A equipe do Zumbi se classificou para as quartas de final da Copa Interbairros de futebol sub-17, ao vencer o São Francisco, por 3 a 1, na partida de volta pelas oitavas de final. O jogo de volta aconteceu no sábado (23), no campo do Coração do Zumbi, zona Leste da cidade. No primeiro jogo, a garotada do time Verde empatou em 0 a 0, mas jogando seus domínios conseguiu uma boa vitória na competição de base amadora.

Pelas quartas de final, o Zumbi vai enfrentar o Grande Vitória, no próximo final de semana. A equipe venceu o São Raimundo, pelo placar magro de 1 a 0, na partida de ida, mas no jogo de volta goleou, por 4 a 3, conquistando sua passagem para final do Carioca.

Com uma campanha invicta na Copa, o técnico do Zumbi, Raulf Silva, fez uma análise de como foi o jogo decisivo, mas principalmente, a qualidade do adversário com bons jogadores em seu elenco.

– Vendo as dificuldades do nosso time, com a responsabilidade de vencer a partida. Numa falha da defesa, nosso zagueiro fez uma falta na entrada da área e eles foram contemplados com gol. Antes do término do primeiro tempo, também de falta nós tivemos a chance de empatar. Já no segundo tempo, vendo os erros do adversário fizemos algumas substituições no setor de meio e na linha intermediária fomos para cima e fizemos mais dois gols – disse e confessou que já tem informações do seu próximo adversário.

futebol-zumbi-e-sao-francisco 2– Acompanhei uma partida do Grande Vitória contra a equipe do Puraquequara e pude observar alguns jogadores. Por sinal, são atletas que já treinaram comigo. Pelo fato de conhecer o outro time nós dá uma firmeza e segurança de poder surpreender o adversário.

De acordo com treinador do São Francisco, Fernando Sousa, foi uma grande partida entre duas equipes de bom nível técnico. Segundo ele, o elenco é formado por jovens valores, abaixo da idade permitida da categoria.

– A partida contra o Zumbi foi um ótimo jogo. Os atletas que utilizei para a competição, são do infantil. A minha equipe se portou bem dentro de campo, apesar da maioria ter idade entre 15 e 16 anos. Eles jogaram da forma que eu queria, ou seja, agredindo o adversário, mais infelizmente a vitória não veio. Fiquei feliz pelos jogadores, pois mostraram o seu valor.

(Com Paulo Repórter)

Roberto Brasil