Wilker Barreto faz balanço positivo do primeiro semestre legislativo

By -
Ver. Wilker Barreto

Ver. Wilker Barreto

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Wilker Barreto (PHS) fechou o primeiro semestre do Legislativo municipal com uma agenda positiva. “Fizemos convênio com o Ministério Público Estadual, com a Defensoria Pública, o Tribunal Eleitoral e assinamos um convênio com o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), com o Procon Estadual e intensificamos as fiscalizações das leis”, disse ele, que ressaltou, ainda, outros avanços, como a aprovação do Plano Municipal de Educação. “Tivemos uma agenda de muito trabalho e a Câmara cumpriu o seu papel de estar próximo da população”, argumentou.

O presidente ressaltou o papel importante das comissões técnicas da Casa e disse que na função de seu ofício, na condução dos trabalhos, permitiu a ampla discussão. “Sou fã do amplo debate e vamos continuar tendo uma forte atuação das comissões técnicas”, assegurou, ao afirmar que elas sempre irão ter total apoio da Mesa Diretora.

Wilker Barreto destacou as atuações das comissões do Meio Ambiente e também a de Educação, que foram às ruas e realizaram grandes debates de temas importantes para a Casa. Lembrou da criação da Sala do Consumidor,  uma ligação direta com a comunidade. “Tenho a certeza que hoje a Câmara presta à sociedade manauara um grande serviço”, garantiu.

O vereador afirmou, ainda, que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), aprovada na terça-feira (23), foi feita de forma tranquila. “A base do prefeito (Arthur Neto – PSDB) entendeu que a proposta era de uma lei enxuta e preparada para a crise. Então você dá um voto de confiança a uma administração que vem enxugando gastos e perdendo receita, a olhos vistos”, afirmou. “Vejo com muita maturidade e sapiência a postura da base do Governo que adotou a aprovar a LDO sem emendas”, completou.

Para o próximo período legislativo, Wilker Barreto está projetando um semestre de muito trabalho, com a chegada do Plano de Mobilidade Urbana, na segunda quinzena de julho já finalizando a questão da análise do Anteprojeto de Lei de Reforma da Lei Orgânica do Município de Manaus (Loman), e em agosto entraremos na Reforma do Regimento Interno. “Já temos o terceiro trimestre do ano de muito trabalho, mas a Câmara dará conta do serviço e vamos fazer um esforço muito grande para chegarmos ao final do ano com a pauta zerada, sem nenhum projeto a ser analisado”, afirmou.

Mario Dantas