Wilker Barreto afirma que medidas de austeridade garantiram projeto de reforma da Mini Vila Olímpica do Santo Antônio

By -
Ver. Wilker Barreto

Ver. Wilker Barreto

Ao comentar a deliberação do Projeto de Lei nº 225/2015, de autoria do Executivo Municipal, que autoriza a abertura de Crédito Adicional Especial, no Orçamento Fiscal, em favor da Casa Legislativa, para ação de reforma e readequação da Mini Vila Olímpica Jair Sampaio, localizada no bairro Santo Antônio, o presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Wilker Barreto (PHS) declarou que a iniciativa do legislativo de bancar a revitalização do espaço foi possível devido a redução de custeio que promoveu durante os primeiros meses de sua gestão à frente da CMM.

“Nós vamos reinvestir na sociedade, isso aqui é público (a mini-vila olímpica). Não é que tá sobrando dinheiro, é que diminuímos o custeio ruim pra investir, por exemplo, eu chamei todos os contratantes aqui e pedi 10 por cento de redução, eu economizei com contrato da internet 150 mil reais, eu economizei com a compra de tonner 130 mil reais, outro exemplo, cortei o leite da Câmara, então vamos somando medidas administrativas que vão servir para investimento em outro setor, então você vai fazendo gestão, então são medidas administrativas que nós fizemos pra conter desperdícios, então hoje a Câmara é uma Câmara enxuta”, declarou Wilker aos jornalistas.

Conforme o projeto, o crédito especial será no valor de R$ 2,9 milhões. A Prefeitura de Manaus já disparou o processo de licitação da obra que deverá ser concluída em dezembro deste ano.

“A Câmara assumiu um compromisso de recuperarmos a Mini Vila Olímpica, a questão da abertura do crédito no orçamento, é que precisamos de uma rubrica para a Câmara repassar esse dinheiro para a Prefeitura de Manaus executar as obras. Só que isso, tem que constar no orçamento, então por orientação das Controladorias do Tribunal de Contas e da Procuradoria Geral do Município (PGM) estamos fazendo por esse mecanismo. Para que conste no orçamento fiscal, para executarmos a recuperação da Mini Vila Olímpica, que quem está passando o dinheiro é a Câmara para a prefeitura”, ressaltou Barreto.

A obra prevê a cobertura da quadra de esportes, nova iluminação, recuperação da piscina, cobertura da arquibancada, reforma de banheiros e vestiários, instalação de rampas de acesso para portadores de necessidades especiais, um centro de convivência para reuniões da comunidade e a implantação de 82 vagas de estacionamento, com prazo de conclusão para 180 dias. A Vila Olímpica tem por finalidade atender com atividades esportivas moradores do Santo Antônio, Manda Brasa, Glória e São Raimundo, todos na zona Oeste.

Mario Dantas