Wanderley Dallas defende penas maiores a quem agredir menores de idade

By -
Dep. Wanderley Dallas

Dep. Wanderley Dallas

O deputado estadual Wanderley Dallas (PMDB) defendeu durante a Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta terça-feira (14), que a sociedade brasileira promova uma discussão sobre as punições mais severas aos autores de crimes contra crianças.

O parlamentar citou os crimes contra menores de idade ocorridos em Manaus no último fim de semana, nos quais um bebê foi agredido pelo companheiro da mãe da criança e do assassinato de uma menina de sete anos pelo vizinho da garota. “Boa parte da população reage pedindo punições duras a esses agressores e, de fato, nossa lei é branda para esses casos. Então, é o caso de discutirmos racionalmente, sem influência da emoção, sobre o que deve ser mudado para inibir casos como esses”, disse.

Sobre o tema, o peemedebista foi aparteado pelos deputados estaduais Carlos Alberto (PRB) e Bosco Saraiva (PSDB), que também entendem haver a necessidade de mudanças na legislação.

Em seu pronunciamento, Dallas também teceu críticas à Faixa Azul, afirmando que o programa, da maneira como foi implantado, tem piorado a circulação de veículos nas vias ao invés de diminuir os engarrafamentos.

Por fim, o deputado estadual destacou a passagem do Dia Estadual do Pastor, ocorrido no dia 12 (todo segundo domingo de Junho, e lembrou ser o autor da lei que deu origem à data comemorativa, instituída em setembro de 2015. “Desde então o Amazonas ganhou uma importante data para todos os cristãos evangélicos do estado. Esses homens e mulheres que fazem o trabalho na capital e interior, nas periferias e nos locais mais longínquos, onde muitas vezes não chegou o desenvolvimento, mas tem lá sempre um homem ou uma mulher para ali ajudar e confortar o coração daquelas pessoas mais sofridas”, concluiu Dallas.

Roberto Brasil