Waldemir José denuncia graves problemas na Saúde e na Educação das comunidades ribeirinhas

By -
Ver. Waldemir José

Ver. Waldemir José

O vereador Waldemir José (PT) usou a tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta segunda-feira (13), para denunciar os graves problemas na educação e na saúde das comunidades ribeirinhas Nova Jerusalém do Mipindiaú, Nova Canaã do Aruaú, Lindo Amanhecer e Santa Izabel, localizadas no Rio Negro, relatados por moradores durante a reunião realizada na última sexta-feira (9).

De acordo com o parlamentar, o tema principal da reunião que ocorreu na comunidade Nova Jerusalém, com a participação de aproximadamente 70 pessoas, deveria ter sido somente segurança pública, porém, os vários problemas nas escolas e nas Unidades Básicas de Saúde nessa localidade levaram o debate para os temas educação e saúde também.

Denúncias de moradores dão conta de que na escola municipal da comunidade Nova Jerusalém existe o “diretor fantasma”, que há mais de cinco meses não aparece na escola. Falta de professor para o ensino infantil e postos de saúde destelhados há vários meses, danificando os equipamentos e inviabilizando o atendimento, são outras situações denunciadas pelos moradores.

“O diretor recebe salário, mas não trabalha. Já denunciei esse problema à Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio de documento e durante a Audiência Pública que realizei em maio para tratar dos problemas das escolas das comunidades ribeirinhas, mas até o momento esse e outros problemas continuam”, disse Waldemir José.

Por conta disso, ele entrará com representação no Ministério Público do Estado (MPE/AM) contra a falta de professores e de gestores nessas escolas e também levará, mais uma vez, por meio de documentos, essa situação à Semed para que tome as devidas providências.

Roberto Brasil