Waldemir José cobra dos vereadores assinatura no Projeto de Emenda à Loman sobre o fim do recesso parlamentar no meio do ano

By -

fim-recesso-parlamentarAproveitando o debate acerca do Projeto de Emenda Constitucional (Pec) que extingue o recesso do mês de julho na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), o vereador Waldemir José (PT) fez um apelo aos demais vereadores, nesta quarta-feira (28), para que assinem seu Projeto de Emenda à Lei Orgânica do Município de Manaus (Loman) que reduzirá de 45 para 30 o recesso parlamentar dos vereadores, na prática acabando com o recesso do meio do ano.

De acordo com Waldemir, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) está a frente no que se refere aos avanços na derrubada de privilégios, como a redução de 90 para 45 dias de recesso legislativo; fim do auxílio paletó; fim da Sessão Secreta; fim do voto secreto e fim da remuneração das sessões extras.

No entanto, ele também alega que a sociedade quer mais trabalho e envolvimento da classe política devido às urgentes demandas em políticas públicas que a cidade necessita, como: transporte de qualidade, abastecimento de água e esgoto eficiente, planos de cargos de servidores públicos, educação de qualidade, dentre outros.

“Não é justo que os parlamentarem tenham 45 dias de férias se todo trabalhador comum possui no máximo 30 dias de férias anual. A sociedade que mais atuação dos políticos e menos privilégios”, argumentou Waldemir.

Para essa mudança, são necessárias 14 assinaturas de vereadores para que o projeto entre em tramitação, porém, até o momento, apenas os vereadores professor Bibiano e Rosi Matos, ambos do PT, assinaram a proposta.

Roberto Brasil