Visa Manaus interdita mercadinho por venda ilegal de medicamentos

By -
O estabelecimento não tinha licença sanitária para funcionar nem mesmo como mercadinho

O estabelecimento não tinha licença sanitária para funcionar nem mesmo como mercadinho

Em inspeção nesta quinta-feira, 30, fiscais do Departamento de Vigilância Sanitária (Visa Manaus) interditaram o mercadinho “Panela Cheia” (MD Empreendimentos), localizado na rua Jarbas Passarinho, 34-A, Tancredo Neves, zona Leste, por venda ilegal de medicamentos à população.

interdicao-mercadinho-visa-manaus-01A fiscalização do estabelecimento, seguido de sua interdição, foi possível a partir de denúncia anônima feita ao Disque-Denúncia do Visa Manaus (0800 092 0123), que comprovou a venda de medicamentos, tais como: Metronidazol 05%, injetável e de uso restrito a hospitais; Amoxilina, Dipirona e Torsilax, armazenados sem qualquer atenção aos cuidados exigidos para condicionamento apropriado de produtos com essas características, inclusive junto a produtos de estivas em geral e até mesmo de botijas de gás de cozinha.

interdicao-mercadinho-visa-manaus-03Entre os medicamentos apreendidos também havia unidades de Homotrop 12 UI (princípio ativo – Somatropina), sujeito a controle especial, previsto na Portaria 344/98, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “O estabelecimento não tem licença sanitária para funcionar nem mesmo como mercadinho”, acrescentou o fiscal Fábio Markendof. O Visa Manaus já havia fiscalizado o estabelecimento no último 17 de abril.

interdicao-mercadinho-visa-manaus-02O espaço ficará interditado até que os empresários responsáveis regularizem a situação. A multa neste caso pode variar entre 1 a 400 UFMs. Atualmente, o valor da Unidade Fiscal do Município – UFM, usada para cálculos de impostos e taxas municipais, é de R$ 83,78.

Roberto Brasil