Versos Brancos e Encardidos para Minha Manaus

By -

Manaus

Minha Manaus dormiu de touca

Mas não é louca

Tão pouco pouca

Oca de ocos

Quintal de tocos

De muitos homens poucos

Mas nem todos trôpegos

Taba de transe

Transa de lance

Trama de alcance

Minha Manaus dormiu ingênua

Acordou nua

Volúvel de lua

Nem pensar que é tua

Talvez quarto crescente

Minguando na mente

Suado corpo carente

Minha Manaus é minha e de alguém

Mas não é de ninguém

Cobra o cobre que lhe convém

Não tem culpa

Nem desculpa

Sua sedução me ocupa///David Almeida

Redação