Vereadores de Manaus são recebidos por Eduardo Cunha, em Brasília

By -
“Expomos a necessidade de que precisamos ser ouvidos", disse Wilker Barreto

“Expomos a necessidade de que precisamos ser ouvidos”, disse Wilker Barreto

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador Wilker Barreto (PHS), classificou como positiva a reunião com a Comissão da Reforma Política na Câmara Federal, em Brasília, realizada na tarde desta quinta-feira (16).

“Expomos a necessidade de que precisamos ser ouvidos. Trata-se de uma discussão de extrema importância para o processo político e as câmaras municipais, sobretudo os vereadores que deverão ser os primeiros a serem atingidos com as mudanças, precisam apresentar as discussões que estão sendo travadas nas capitais”, destacou Wilker.

O encontro ocorreu na sala de reuniões da presidência da Câmara com a presença do presidente, deputado federal Eduardo Cunha (PMDB/RJ), dos vereadores de Manaus que integram a Comissão da Reforma Política na CMM, Gilmar Nascimento (PDT), Luis Mitoso (PSD), Professor Bibiano (PT), Walfran Torres e Alonso Oliveira, ambos do PTC, além dos presidentes das Câmaras do Rio de Janeiro, vereador Jorge Felipe (PMDB) e de São Paulo, Antônio Donato (PT) e os deputados federais que integram a Comissão em Brasília.

Na reunião, Eduardo Cunha afirmou aos vereadores que a PEC 352/2013 que trata da Reforma Política será levada a votação no dia 26 de maio. Além dos parlamentares, o presidente da Câmara disse que vários representantes da sociedade civil também estão encaminhando propostas por meio de emendas aos deputados federais.

“O presidente Eduardo disse que as discussões sobre o tema estão bem adiantadas e que o assunto está bem evoluído e que a Reforma valerá mesmo para as próximas eleições. Ele externou que não será fácil o consenso, mas que sairá uma definição para a melhor proposta de reforma”, disse Luis Mitoso, vice-presidente da Comissão da Reforma na CMM e líder do PSD.

A manutenção do voto facultativo e o voto distrital foram um dos assuntos discutidos no encontro, como também o financiamento de campanha, a redução do tempo dos mandatos e o tempo mínimo de filiação partidária para as candidaturas.

Ao final do encontro, o vereador Professor Bibiano apresentou a proposta da Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas, movimento encampado pela Igreja Católica, OAB entre outras entidades que em Manaus já coletou mais de 35 mil assinaturas.

Nesta sexta-feira, 17, às 10h, os vereadores participarão da Audiência Pública que a ALE-AM promoverá em torno do tema Reforma Política.

Roberto Brasil