Vereadora propõe criação da Comissão de Habitação na CMM

By -
Ver. Vilma Queiroz

Ver. Vilma Queiroz

Na última quarta feira (11), no plenário da Câmara Municipal de Manaus, a vereadora Vilma Queiroz anunciou sua propositura de criar uma Comissão de Habitação nesta casa legislativa para discutir idéias que ajudem a minimizar os problemas de moradia na capital amazonense.

A parlamentar aproveitou a oportunidade para dar as boas vindas aos novos vereadores, cumprimentou o novo presidente da CMM, Wilker Barreto e disse “peço a Deus que juntos possamos conduzir com sabedoria e solucionar os problemas da cidade”.

A Câmara Municipal de Manaus conta, atualmente, com 20 comissões, sendo três delas especiais – a de Revisão da Lei Orgânica do Município, de Revisão do Plano Diretor de Manaus e da Água.

Déficit habitacional do Amazonas

A vereadora explicou que o porte de Manaus e a complexidade da questão habitacional na cidade são alguns dos itens que justificam a proposta. A capital amazonense possui um pouco mais de dois milhões de habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), chegando à posição de 7º município mais populoso do País. Em 2011, o estudo da Fundação Getulio Vargas (FGV) apontava que o déficit habitacional do Amazonas era um dos maiores do Brasil. Pelos dados, o Estado possuía 155,4 mil residências improvisadas e 95,9 mil domicílios onde as famílias conviviam umas com as outras, no mesmo endereço, e tinham intenção de mudar-se.

“Temos um Ministério da Cidade, um grande projeto habitacional do governo que é o Minha Casa, Minha Vida e Manaus não poderia ficar sem uma comissão, dentro do âmbito público, para discutir a questão da habitação; estamos aguardando a abertura do Regimento Interno da Casa para que se possa consolidar essa proposta”, afirmou Vilma Queiroz. (Mercedes Guzmán – Foto: Áida Fernandes)

Roberto Brasil