Vereador Mauro Teixeira solicita reativação dos DIPS nos bairros Monte Pascoal e Novo Israel

By -

Ver. Mauro Teixeira

Da Redação – Nesta segunda-feira (25), no pequeno expediente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), o 23º Aniversario do bairro Monte Pascoal da zona norte da capital amazonense foi destacado pelo vereador Mauro Teixeira (Podemos), também da importância de reativar o 18 º Distrito Integral Policia (DIP) de Novo Israel e da situação instável dos trabalhadores contratados em Regime de Direito Administrativo (RDA).

“Monte Pascoal surgiu de ocupações como outros bairros de Manaus e no sábado (23) completou 23 anos, a comunidade vem se estruturando ao longo desses anos. Há estabilidade de abastecimento de água, iluminação e transporte coletivo foram já instaladas. Tem feiras e comércio aquecido,  mas falta ainda segurança, pois a 16º DIP que atende com efetivo reduzido e instalações defasadas vários bairros (Santa Etelvina, Viver Melhor, Monte das Oliveiras). A população é alegre, têm esperança de dias melhores e estivemos participando da festa junto com a Prefeitura”, destacou Mauro Teixeira.

O parlamentar se comprometeu a acompanhar as demandas de uma linha de ônibus para o Terminal 3 (T3), serviço de tapa buraco em varias ruas e melhorar a estrutura da feira.

Reativar o 18º DIP no Novo Israel

O vereador também voltou a falar sobre a necessidade de reativar o 18º DIP para atender os bairros de Novo Israel e Colônia Terra Nova da zona norte de Manaus. “O crescimento da população e o aumento de casos de crime nesta área são os principais motivos da demanda destas comunidades para a reativação do 18º DIP, temos um abaixo assinado dos moradores que pedem pelo menos volte a funcionar como antes”, disse.

Situação instável dos RDA

O parlamentar relatou também que durante sua visita no final de semana no Distrito de Obras do bairro Novo Israel ficou sensibilizado pela situação dos RDA na Prefeitura de Manaus. “As pessoas estão com um abalo emocional, pensando em que vão a ser dispensadas, peço as autoridades que tomem medidas para tranqüilizar eles”, finalizou.

 Mercedes Guzmán

Roberto Brasil