Vereador de Uarini gastou mais do que o limite

By -

silvano-prp-uarini

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), julgou nesta terça-feira (29) na 7ª sessão ordinária do ano, recurso eleitoral do Ministério Público Eleitoral do Amazonas (MPE-AM) contra Silvano (PRP), vereador eleito no município de Uarini (distante 687 quilômetros de Manaus). O vereador teve suas contas julgadas reprovadas, pois foi observado nas prestações que R$ 2 mil foi o limite declarado para gastos da campanha, porém o vereador extrapolou um valor de R$1.300 chegando a gastar 70% a mais do que poderia pela sua própria prestação de contas. O recurso foi provido parcialmente, pois os gastos foram acima do limite, ou seja, as contas de campanha de Silvano não refletiram o que indicaram e o vereador terá que pagar multa de acordo com os parágrafos 4º e 5º, do artigo 2º da Resolução TSE 22.715/2008.///Sara Matos

Redação