Vereador Bibiano acusa Via Verde de ‘maquiar’ ônibus para enganar a população

By -

empresa-via-verdeO vereador Professor Bibiano acusou na manhã desta segunda-feira, 15, a empresa de transportes Via Verde de “maquiar” parte dos seus ônibus, ao realizar a adulteração do número de controle da vida útil dos coletivos, para ganhar mais sem investir nada.

Segundo ele, o desrespeito à legislação é flagrante e precisa ser combatido, porque a empresa está deixando de investir cerca de R$ 900 mil para a compra de um veículo novo, ao prolongar a vida útil dos ônibus usados, sem levar em consideração que está colocando em risco a vida do usuário do sistema.

“As fraudes foram constatadas nos veículos de placas JXU – 4634 e JXU 4264, com números de controle 0507056 e 0507005 que após a adulteração passaram a ser, respectivamente, 0508056 e 0508005”, disse ele.
Negligência

Em breve pronunciamento na Câmara Municipal de Manaus, o Professor Bibiano destacou que o presidente da SMTU, Pedro Carvalho, tem negligenciado a fiscalização do sistema e precisa ser convocado para prestar explicações na Câmara Municipal de Manaus e dizer o que vem sendo feito para combater esse tipo de fraude.
“A Lei Orgânica do Município destaca que a vida útil de cada coletivo é de seis anos. Mas, ao adulterar o número de controle dos veículos, a empresa comete fraude e amplia o prazo de utilização de cada ônibus”, explica.

De acordo com o parlamentar, a conduta da empresa é inaceitável e precisa ser combatida, porque ela está pintando uma numeração nova nos ônibus velhos para iludir a população.

Ele lembrou, ainda, que o sistema opera na sua grande maioria com ônibus velhos e quebrados, que pegam fogo no meio da rua, durante o transporte das pessoas, colocando em risco as suas vidas.

*Com informações Ascom Ver. Bibiano

Roberto Brasil