Vaticano confirma que madre Teresa virará santa por cura de brasileiro

By -
Madre Teresa

Madre Teresa

O Vaticano confirmou nesta sexta-feira (18) o reconhecimento, pelo papa Francisco, de um segundo milagre atribuído à madre Teresa de Calcutá –a cura de um brasileiro–, o que permite que ela seja considerada uma santa.

A informação sobre a canonização havia sido adiantada nesta quinta-feira (17) pelo jornal católico “Avvenire”. Segundo a reportagem, a cerimônia de canonização deve ser realizada em setembro de 2016 em Roma.

O milagre ocorreu em Santos (SP) em dezembro de 2008. O homem, hoje com 42 anos e cuja identidade não foi revelada, estava em estado terminal e em coma devido a um câncer no cérebro. Prestes a ser operado, o médico encontrou o paciente acordado na sala de cirurgia, sentado e sem nenhuma sequela do tumor no cérebro.

Segundo testemunhas, os familiares do homem fizeram por meses orações à madre Teresa de Calcutá para pedir por sua recuperação depois da descoberta do câncer em estágio avançado. A mulher do paciente era devota fervorosa da beata.

De acordo com o “Avvenire”, a cura milagrosa foi reconhecida em uma reunião de especialistas convocada há três dias pela Congregação para as Causas dos Santos, o que possibilita a canonização.

A VIDA DE MADRE TERESA

Nascida Ines Gonxha Bojaxhiu em 1910 na atual Macedônia, a religiosa fundou sua própria congregação em 1950 e dedicou sua vida aos pobres e aos enfermos, principalmente na cidade indiana de Calcutá. Em 1979, ela recebeu o Prêmio Nobel da Paz.

“Lia a bíblia, com certeza, mas seu principal compromisso era com os pobres”, disse à emissora NDTV a irmã Sunita Kumar, membro da congregação de madre Teresa.

“Estou muito feliz que isto tenha acontecido enquanto estou viva”, disse ela à AFP depois de receber a notícia de que sua antiga superior será canonizada.

Madre Teresa, que morreu em 1997, era conhecida como “santa das sarjetas” e foi beatificada pelo papa João Paulo 2º em 2003 após o reconhecimento de seu primeiro milagre: a cura de uma mulher de 30 anos de Bangladesh que sofria de um tumor abdominal. A beatificação é o último passo antes da canonização. FOLHAPRESS

Roberto Brasil