Vara de Trânsito ouve vítima e testemunhas de acidente que matou duas jovens

By -
Brenda Braga e Rayssa Rossy morreram após capotamento do carro

Brenda Braga e Rayssa Rossy morreram após capotamento do carro

A Vara Especializada em Crimes de Trânsito da Comarca de Manaus realiza nesta segunda-feira (25/4) audiência de instrução e julgamento do processo nº 0216457-16.2015.8.04.0001, sobre um acidente ocorrido em janeiro de 2015, envolvendo o condutor Thiago Fish Pinto, que resultou na morte de Brenda Braga Batista de Souza e Raysa Rossi Brito Claudino.

O condutor foi denunciado pelo Ministério Público pela prática de homicídio culposo na direção de veículo, lesão corporal culposa, condução de veículo com capacidade psicomotora alterada por influência de álcool ou outra substância, e violação da suspensão de dirigir, previstos respectivamente no Código de Trânsito Brasileiro (artigos 302 – § 2º, 303, 306 e 307).

A denúncia foi recebida em 20 de julho de 2015. Atuam no processo o promotor Jorge Alberto Veloso Pereira e o advogado do acusado, Christhian Naranjo, entre outros.

Pela manhã, foram ouvidos a vítima Bruna Lorena Passos Saraiva Leão e os dois policiais rodoviários federais: Ivo Seixas Rodrigues e Felipe Werly Júlio da Silva. Outras duas testemunhas foram ouvidas no início da tarde: Uatumã Campos Rocha e Leonardo Henriques da Silva. Outra testemunha, Camila Mendes Lauria Ferreira, não foi ouvida, por não se encontrar no Brasil, mas não será feita sua oitiva em outra data.

Durante a audiência a defesa pediu que mais provas sejam juntadas ao processo e será expedido ofício ao Detran a respeito. Depois disto, então, deverá haver o interrogatório do acusado e a apresentação dos memoriais.

Somente após a concluídas estas etapas é que será proferida a sentença pela juíza Luíza Cristina Nascimento da Costa Marques, titular da Vara Especializada em Crimes de Trânsito.

Roberto Brasil