Vanessa Grazziotin tenta paralisar comissão do impeachment

By -
Sen. Vanessa Grazziotin

Sen. Vanessa Grazziotin

Diante da derrota do governo já pavimentada na comissão do impeachment, aliados da presidente Dilma Rousseff tentam, a todo custo, paralisar os trabalhos do colegiado. Em meio a esse esforço, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) pediu na sexta-feira (29) a suspensão da comissão até o julgamento das contas do governo de 2015 – o que ainda não tem data para ocorrer. O Congresso Nacional sequer votou as contas de 2014, já rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O resultado do ano passado não foi deliberado nem mesmo pela corte, e carece, em seguida, de análise do Parlamento.

A maquiagem contábil realizada em 2015, por meio das chamadas pedaladas fiscais, é o principal embasamento para o pedido de afastamento de Dilma Rousseff do Planalto. “Onde poderiam estar as provas se os órgãos competentes sequer concluíram seu trabalho? Se não há conclusão, como poderia haver a prova?”, questionou a senadora.

No momento da questão de ordem, o presidente da comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB), estava ausente, sendo substituído interinamente por Rose de Freitas (PMDB-ES). Ela recolheu o questionamento e disse que vai respondê-lo “oportunamente”. Vanessa pediu também a suspeição do relator da comissão, o tucano Antonio Anastasia (MG).

(Com Veja On-Line)

Roberto Brasil