Vai ao banco neste sábado? Confira esquema das agências e o que levar

By -

Quem já tem direito a sacar os recursos das contas inativas do FGTS pode aproveitar o sábado para finalmente garantir seu dinheiro. Em todo o país, 1.841 agências de todo o país estarão abertas das 9h às 15h exclusivamente para tratar do tema.

Desde sexta-feira, os saques já estão disponíveis para quem nasceu nos meses de janeiro e fevereiro. O dinheiro só poderá ser sacado neste sábado, no entanto, por quem já regularizou sua situação. Ou seja, o trabalhador que possui uma conta inativa, mas que ainda aparece no sistema como ativa, precisará fazer a regularização antes de efetuar o saque.

ATENÇÃO PARA SAQUES ACIMA DE R$ 5 MIL

Quem tem mais de R$ 5 mil para receber e vai às agências neste sábado deve ficar atento. Isso porque as transferências do dinheiro para outros bancos não estarão disponíveis. Para valores acima dos R$ 5 mil, é preciso fazer um TED (Transferência Eletrônica Disponível), mas o procedimento depende do funcionamento da outra instituição financeira, que estará fechada.

A sugestão da Caixa para todos os trabalhadores, independentemente do valor de saquem, é que todos levem a carteira de trabalho para esclarecer quaisquer dúvidas que possam surgir na hora. Para valores acima de R$ 10 mil, a carteira de trabalho é obrigatória.

A expectativa é que nesta primeira fase o valor chegue a quase R$ 7 bilhões, de 4,8 milhões de brasileiros.

O banco criou um site (www.caixa.gov.br/contasinativas) e uma linha telefônica (0800 726 2017) exclusivamente para tratar das contas inativas do FGTS.

Quem não puder aproveitar o sábado, ainda pode contar com esquema especial de funcionamento nas 4.200 agências da Caixa na segunda-feira, dia 13 de março, e terça-feira, dia 14 de março. Segundo a Caixa, algumas unidades, que normalmente abrem às 9h, começarão a atender às 8h e fecharão uma hora mais tarde. Já aquelas que iniciam atendimento às 11h da manhã vão antecipar sua abertura para às 9h.

CALENDÁRIO

Este é o início do prazo que vai até o dia 31 de julho e permitirá que 30,2 milhões de pessoas tenham acesso a R$ 43,6 bilhões. A partir de 10 de abril, a Caixa liberará os saques para trabalhadores nascidos em março, abril e maio. A partir de 12 de maio, será a vez de quem nasceu em junho, julho e agosto. Já no dia 16 de junho, o resgate será permitido para pessoas de setembro, outubro e novembro. Quem nasceu em dezembro, só poderá fazer a requisição do fundo de garantia no dia 14 de julho.

Os trabalhadores devem ficar atentos. O prazo final para a retirada dos recursos será no dia 31 de julho.///Agência O Globo

Roberto Brasil