Uruguai fica a um passo da Copa, e Argentina vê vaga em risco

By -

Messi disputa jogada com venezuelano no empate em 1 a 1 (Foto: Martin Acosta/Reuters)

Nem mesmo o mais esperançoso torcedor do Peru imaginava que, a dois jogos para o fim das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, a equipe estaria dentro da zona de classificação, e à frente da Argentina na tabela. Pois é exatamente esta a situação atual, após o encerramento da 16ª rodada nesta terça-feira.

Ao lado do Uruguai, os peruanos foram os principais “vencedores” nas cinco partidas realizadas, dentro de uma classificatória equilibrada e acirrada. Enquanto o Peru saltou da sexta para a quarta posição, a equipe celeste ficou a um passo do Mundial da Rússia. Por outro lado, o sinal amarelo piscou para os argentinos, que seguem em quinto lugar, e também para o Chile, que caiu para sexto.

Veja abaixo como ficou a situação das sete equipes da América do Sul que disputam três vagas diretas na Copa do Mundo. A seleção brasileira é a única já classificada.

Uruguai

Com a vitória sobre o Paraguai por 2 a 1, a equipe assumiu a vice-liderança das Eliminatórias. O time celeste chegou a 27 pontos, e abriu três em relação ao Peru, quarto colocado. Por ter o ótimo saldo de dez gols positivos, primeiro critério de desempate, o time celeste praticamente se classificará com uma vitória nos dois jogos restantes. E eles serão contra os dois times mais frágeis da classificatória: a Bolívia, nona colocada, e a Venezuela, lanterna da competição.

Colômbia

Caiu para a terceira posição após o empate com o Brasil em 1 a 1, e soma 26 pontos. Está em situação favorável, dois pontos à frente do Peru, mas enfrentará nas rodadas finais duas seleções que ainda sonham com uma vaga no Mundial da Rússia: Paraguai e Peru.

Peru

Ao lado do Uruguai, finalizou a terça-feira como um dos destaques da 16ª rodada. Com a vitória de 2 a 1 sobre o Equador fora de casa, saltou para a quarta posição, e entrou na zona de classificação para a Copa do Mundo. Com 24 pontos, terá dois adversários difíceis até o fim das Eliminatórias: a Argentina fora de casa, e a Colômbia. A seleção de Paolo Guerrero não disputa um Mundial desde 1982.

Argentina

O sinal amarelo foi aceso em Buenos Aires nesta terça-feira, após o empate com a Venezuela em 1 a 1. A equipe segue na quinta colocação das Eliminatórias, o que jogaria a equipe de Lionel Messi para a repescagem contra a Nova Zelândia. Os próximos adversários da Argentina não são dos mais complicados (Peru e Equador), mas o resultado contra o lanterna mostra que há problemas no time. Na situação atual, a possibilidade de uma não classificação para a Copa do Mundo existe.

Chile

A seleção chilena perdeu os dois jogos realizados nos últimos seis dias pelas Eliminatórias (contra Paraguai e Bolívia), caiu para o sexto lugar com 23 pontos, e deixou a zona de classificação. Os próximos adversários serão Equador e Brasil. Apesar da posição incômoda, a equipe só depende de si para pelo menos chegar à repescagem, mas com chances de obter uma vaga direta.

Paraguai

A derrota para o Uruguai complicou a equipe nas Eliminatórias. O Paraguai está em sétimo com 21 pontos, e será eliminado na próxima rodada se perder para a Colômbia fora de casa, e Argentina e Peru empatarem no confronto direto.

Equador

Em oitavo lugar com 20 pontos, o Equador precisará de um milagre para se classificar para a Copa do Mundo. Além de vencer Chile e Argentina nas duas últimas rodadas, a equipe precisará “secar” seus concorrentes.

17ª rodada
Bolívia x Brasil
Colômbia x Paraguai
Argentina x Peru
Chile x Equador
Venezuela x Uruguai

18ª rodada
Brasil x Chile
Paraguai x Venezuela
Equador x Argentina
Uruguai x Bolívia
Peru x Colômbia

PLACAR

Roberto Brasil