Um exemplo de amor à profissão

By -
Saira Denise faz além do papel de educadora a parte de merendeira

Saira Denise faz além do papel de educadora a parte de merendeira

Da Redação – Essa história se passa em Rio Preto da Eva (município distante 80 quilômetros da capital amazonense). A professora Saira Denise da Silva Gomes, 36, é um daqueles exemplos de vida que merece todo respeito e carinho à missão que é designada. Ela é professora e administra a Escola Municipal João Luiz Hartz que está fincada no Ramal da ZF9, unica escola onde os filhos dos tralhadores rurais recebem educação e são alfabetizados.

professora-rio-preto-blogdafloresta_colagem-3Para a escolinha funcionar, Saira Denise faz literalmente das tripas coração, pois é professora e cuida da Merenda Escolar, da limpeza e manutenção da escola, que é uma antiga construção em madeira sem climatização adequada. A escola foi erguida há 20 anos atrás pelos próprios moradores que fizeram mutirão e construiram para que as crianças tivessem um local para estudar.

professora-rio-preto-blogdafloresta_colagem-02Os estudantes têm dificuldades em se concentrar devido ao forte calor, pois as humildes salas de aula não dispõem de aparelhos de ar condicionado. O agravante em tudo isso é que para não ter que dividir as turmas, duas salas da Agroindústria Beneficiadora de Doces Paulo Resende foram cedidas e assim as aulas tiveram prosseguimento.

20150929_132542Um outra preocupação é com o transporte escolar. Devido a problemas financeiros e burocráticos junto a prefeitura local, o transporte escolar ficou bastante comprometido causando preocupação aos pais e a dedicada professora, pois dependendo da ocasião, o ônibus aparece e quando ocorre problemas o transporte deixa de passar, prejudicando o ano letivo dos alunos esforçados.

professora-rio-preto-blogdafloresta_9Apesar de todos esses problemas, Saira Denise se mantém firme no propósito de educar as crianças e jovens da ZF9, fazendo da profissão um verdadeiro sacerdócio educacional em Rio Preto da Eva. “Estamos trabalhando por uma educação de qualidade. Gostaria apenas de ter mais apoio da prefeitura que poderia enviar uma merendeira para nos ajudar e assim proporcionar uma qualidade de estudo melhor aos nossos filhos”, finalizou emocionada a professora. (Texto e Fotos: Kennedy Lyra)

Roberto Brasil