Tudo pronto para o Amazônia Live neste sábado (25)

By -

amazonia-live-rock-in-rioEm 1996, a cidade de Manaus estava em festa com a comemoração do centenário de um dos seus principais cartões-postais: o Teatro Amazonas. Para fazer jus a este grande evento, o Governo do Amazonas importou uma orquestra para se apresentar na ocasião, junto com o espanhol José Carreras. Vinte anos se passaram. Políticas culturais, investimentos e fomentos vieram, resultando na criação de orquestras, companhias de dança e núcleos de formação cultural, que agora ganham holofotes internacionais, com a participação da Orquestra Amazonas Filarmônica e Coral do Amazonas, no “Amazônia Live”, projeto socioambiental promovido pela organização do Rock in Rio, que acontece próximo sábado (27).

A apresentação acontecerá no Rio Negro, onde será montado um palco em formato de uma grande folha, com a participação especial dos tenores Plácido Domingo e Saulo Lucas – artista com deficiência visual e autista – e da cantora Ivete Sangalo. O Amazônia Live é um projeto socioambiental com o objetivo de mobilizar artistas, parceiros e fãs para abraçar a mais importante reserva de biodiversidade do mundo, com papel fundamental na redução do impacto do aquecimento global.

O governador do Amazonas, José Melo, salienta que o evento do próximo sábado com a participação da Amazonas Filarmônica e do Coral do Amazonas mostra que todo o compromisso com a Cultura no estado do Amazonas tem dado ótimos resultados. “O trabalho desenvolvido pelo Governo do Amazonas está nos dando bons frutos! Nossa Filarmônica já é conhecida pela grandiosidade na execução do Festival Amazonas de Ópera. Temos absoluta certeza que no Amazônia Live mostrarão o talento que tanto nos orgulha e nos representa, neste evento que visa despertar a atenção do mundo inteiro para a preservação da nossa terra”, declara.

De acordo com o secretário de Cultura, Robério Braga, ter um Coral e uma orquestra como a Filarmônica facilitou a realização do Amazônia Live. “A princípio, a ideia da organização do Rock in Rio era trazer a Orquestra Sinfônica Brasileira, mas pela tradição, qualidade e fama internacional da Amazonas Filarmônica o convite foi feito e nós abraçamos essa causa junto com o Rock in Rio. Este convite representa o fruto de um trabalho sério e comprometido com o fomento cultural desenvolvido ao longo de 20 anos. Hoje, a Orquestra Amazonas Filarmônica é motivo de orgulho para o nosso Estado”, ressalta.

Roberto Brasil