TSE ‘segura’ nomeação de juiz do TRE-AM

By -

Min. Herman Benjamin

Segue emperrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), há dois meses, a definição sobre uma vaga da OAB/AM para juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AM), desde que o ministro Herman Benjamin pediu vistas do processo. A lista tríplice foi levada ao plenário do TSE no dia 5 de maio, com parecer favorável do ministro Napoleão Nunes, para a homologação dos nomes a serem enviados ao presidente Michel Temer.  Herman Benjamin pediu vistas e nunca mais devolveu o processo para julgamento.

A vaga de juiz titular do TRE/AM é disputada pelos advogados Charles Garcia, Affimar Cabo Verde e José Fernandes Júnior. Após a homologação pelo TSE, a lista com os três nomes será avaliada pelo presidente Temer, que vai definir quem ocupará o posto.

Enquanto isso não acontece, a cadeira destinada a OAB/AM no TRE segue ocupada provisoriamente pelo juiz substituto Bartolomeu Azevedo, eleito em 2017.

Não é de agora que a vaga em questão sofre com a procrastinação. A corrida teve início ainda em 2015. Em 2016, Felipe Thury deixou a lista tríplice por ter entrado em outra disputa. Foi substituído  por José Fernandes Júnior.

SIM&NÃO/PORTAL A CRÍTICA

Roberto Brasil