Tribunal de Contas abre para sociedade Exposição sobre 65 anos

By -

exposicao-tce-65anos-1Uma viagem histórica, com flashes de quase sete décadas e projeções do futuro. Assim é a exposição dos 65 anos do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) que será aberta nesta quarta-feira (14/10), às 10h, para visitação — no hall de entrada do órgão — aos servidores, aos jurisdicionados e à sociedade civil. A exposição segue até dezembro deste ano.

Batizada como “TCE-AM – 65 anos de História e Compromisso com o Futuro”, o projeto expográfico — assinado pela curadora e museóloga Veralúcia Ferreira de Souza — integra as atividades em comemorações do aniversário Corte de Contas amazonense e é “uma espécie de prestação de contas do que foi feito, do que está sendo feito e do que será feito”, segundo explicou o coordenador-geral da mostra, Josetito Lindoso.

A exposição é dividida é cinco etapas e foi concebida após três meses de pesquisa. A primeira, subdivida em três módulos, aborda sobre a criação da Corte de Contas no dia 14 de outubro de 1950 e todos os percalços enfrentados na época, com clippings de jornais e registros fotográficos de reuniões do pleno.

A segunda fase da exposição, também subdivida em três módulos, trata do trabalho preventivo do TCE-AM em relação ao meio ambiente com destaque para a interiorização Ouvidoria Ambiental do Corte Contas, que é finalista do prêmio Innovare deste ano. “Estamos apresentando à sociedade toda a logística da Ouvidoria Ambiental para chegar aos 62 municípios e os projetos do setor. É uma breve explanação do trabalho pioneiro do TCE, que é destaque junto aos demais Tribunais de Contas do pais”, comentou Josetito Lindoso.

exposicao-tce-65anos-2Nos três módulos referentes à Escola de Contas Públicas, a exposição conta a história da implantação da ECP, que hoje integra a rede estadual de ensino, até a sua modernização, com as obras na nova sede, cuja inauguração está agendada no dia 17 de dezembro deste ano. Nesta fase, são apresentados os avanços da escola, a qual já formou mais de 15 mil pessoas ao longo de seis anos, transmite aulas vias satélite e está autorizada a realizar curso de pós-graduação.

Na etapa que fala do futuro, a exposição apresenta, pela primeira vez, aos servidores do TCE e à sociedade, o projeto Museológico e Museográfico do Tribunal de Contas com a maquete em 3D das instalações do futuro museu do TCE. Iniciativa pioneira no país entre as Corte de Contas, o projeto do museu também deverá ser inscrito no prêmio Innovare.

Painel em 3D

A parte central da exposição “TCE-AM – 65 anos de História e Compromisso com o Futuro”, confeccionada em 3D pelo designer italiano Tommaso Abbruzzese, remeterá o visitante à uma sessão ordinária na década de 50, ainda no edifício tartaruga, no Centro. Ao sentar diante do painel, o visitante terá a impressão de estar naquela sessão de mais de 50 anos atrás.

Para o presidente do TCE-AM, Josué Filho, que solicitou que a exposição fosse aberta também à rede estadual e municipal de ensino, a mostra reafirma a inabalável trajetória do TCE-AM de bem servir ao povo do Estado do Amazonas. “A exposição abre uma cortina da história do Tribunal e representa um momento de reflexão sobre os grandes desafios que teremos de superar com competência e determinação”, comentou, ao informar que a exposição ficará aberta ao público nos próximos dois meses.

Roberto Brasil