TRE suspende propaganda com ataques a Amazonino

By -

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) acatou o pedido da coligação “Movimento pela reconstrução do Amazonas” e determinou a retirada da propaganda, apresentada pelo candidato ao cargo de vice-governador da coligação “União pelo Amazonas”, em que atacava o ex-governador Amazonas Mendes (PDT).

A suspensão foi definida pelo juiz auxiliar do TRE-AM Paulo Fernando de Britto, na última terça-feira (18). Na inserção, que foi ao ar, o adversário atacava o candidato Amazonino com manchetes de jornais tendenciosas, induzindo o eleitor à informação contravertida. Diante da denúncia, o juiz Paulo chegou à conclusão que as manchetes associadas ao candidato nem sempre estão em harmonia com os fatos veiculados na mídia.

“Na maioria das vezes, são chamadas rápidas para atraírem a atenção do leitor, do ouvinte ou do telespectador, sem terem, no entanto, conteúdo informativo capaz de ajustar a notícia com o seu título ou manchete”, declarou o magistrado na decisão.

A coordenação da campanha comemorou a decisão judicial e informou que o candidato Amazonino Mendes apresenta no horário eleitoral alternativas à população para reconstruir o Estado em 12 meses.

Roberto Brasil