TRE cassa candidatura de prefeito eleito Wilton Santos, em Novo Airão e anula eleição

By -
Wilton Santos

Wilton Santos

O prefeito eleito de Novo Airão ( a 115 quilômetros de Manaus), Wilton Santos (PSDB),  teve o registro de sua candidatura cassada pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM) na tarde de sexta-feira( 04). Por isso, o TRE anulou o pleito no município e novas eleições poderão ser convocadas no município. A decisão ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prefeito foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

O ex-prefeito Wilton Santos foi eleito no dia 02 de outubro com 2.458 votos, correspondente a 28,6%, contra 1.951 de Frederico Júnior (PROS), equivalente a 22,73% dos votos. A atual prefeita de Novo Airão, Lindinalva Ferreira (PP), ou dona Lindinalva, como é conhecida na cidade, também disputou a eleição, mas ficou em 5º lugar. A prefeita recebeu 1.009 votos.

A Justiça Federal havia condenado o ex-prefeito, em 2011, por improbidade administrativa, acusado da falta correta de aplicação de recursos federais, no Programa de Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolescente Cunha Curumim, mediante convenio firmado entre o Ministério da Previdência Social e o município.

O juiz eleitoral de Novo Airão, Celso Souza de Paula, havia deferido o registro de candidatura de Wilton, mas o Ministério Público Eleitoral recorreu ao TRE.

Wilton Santos foi condenado por improbidade administrativa e teve os direitos políticos suspensos por oito anos. O MP denunciou o prefeito por três contas reprovadas no Tribunal de Contas da União.  O TCE também reprovou duas contas do ex-prefeito.

Wilton disputou a eleição com Frederico Junior (Pros), Baliza (PPS), Kleber Bechara (Rede), Dona Lindinalva (PP), Dailson Correa (PRP) e  Everaldo Oliveira (PTB).

Mario Dantas