Trânsito no Centro será reordenado para receber turistas durante os Jogos Olímpicos em Manaus

By -
"o Selo Olímpico veio para marcar, de vez, a nossa posição na rota turística mundial”, disse Artur Neto

“O Selo Olímpico veio para marcar, de vez, a nossa posição na rota turística mundial”, disse Artur Neto

Dentro das atividades conjuntas realizadas pela Prefeitura de Manaus e Governo do Amazonas na preparação da capital amazonense para os Jogos Olímpicos Rio 2016, nesta terça-feira, 25, foi anunciado o reordenamento do trânsito no Centro para melhor receber os milhares de turistas que passarão pela cidade durante o evento.

Detalhes das medidas foram acertados entre o prefeito Artur Virgílio Neto, o diretor-presidente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Paulo Henrique Martins, e a presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Orenir Braga, no Centro Cultural Palácio Rio Branco.

Segundo o prefeito, assim como na Copa do Mundo, Manaus estará preparada para as Olimpíadas e mais uma vez mostrará o seu forte potencial turístico. “Sempre digo que Manaus tem vocação de cidade internacional e o Selo Olímpico veio para marcar, de vez, a nossa posição na rota turística mundial”, disse.

As principais intervenções estão direcionadas ao estacionamento dos veículos que fazem o transporte de turistas, como taxis, vans e ônibus de expedição. A ideia é criar vagas exclusivas e rotativas em portas de hoteis, para embarque e desembarque dos passageiros, bem como nos principais pontos turísticos do Centro, evitando assim as filas duplas e dando mais fluidez e segurança ao trânsito.

centro-transito-mudanca-01“Começamos esse trabalho há mais de três meses, reunindo com os grupos interessados. Com a implantação do sistema de estacionamento rotativo Zona Azul na região central, vamos intensificar também a sinalização dessas áreas exclusivas”, explicou Paulo Henrique Martins.

Em 2016, Manaus receberá seis partidas de futebol, quatro no masculino e dois no feminino, pelos Jogos Olímpicos. Além das belezas naturais, a capital amazonense terá um Centro Histórico ainda mais vivo para apresentar aos visitantes. “Essa é uma demanda antiga dos turistas e da própria imprensa de fora do Estado: que Manaus tinha poucos espaços históricos para serem visitados. Essa iniciativa da prefeitura de revitalizar o Centro Histórico, sem dúvida, é um ganho imensurável para a população local e que vai fomentar ainda mais a atividade turística e a criação de novos negócios na nossa região”, avaliou Orenir Braga.

Ainda de acordo com a presidente da Amazonastur, Manaus tem conquistado seu espaço como uma das principais capitais brasileiras e está se capacitando como rota turística internacional. “Queremos novamente conquistar o título de melhor subsede também nas Olimpíadas. Isso requer o ordenamento da cidade, a promoção dos seus atrativos turísticos, enfim, é apresentar Manaus como um grande cardápio de cultura, gastronomia, hospitalidade e de riquezas naturais”, pontuou.

“A beleza nós já temos, precisamos agora baixar os preços das passagens internas, atrair novas companhias aéreas internacionais, consolidando os voos que já existem para a Europa e para os Estados Unidos. Temos que fazer o possível para tornar Manaus mais acessível e barata para os turistas brasileiros e estrangeiros.”, concluiu o prefeito Artur Neto.

Roberto Brasil