Transatlântico do Caribe visita Manaus pela primeira vez

By -
O navio traz mais de 280 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulação

O navio traz mais de 280 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulação

Chega a Manaus nesta terça-feira, 14, o navio M/S Hanseatic. Vindo do Caribe, o transatlântico estará na cidade pela primeira vez e é o 16° cruzeiro desta temporada, que encerra em maio. Mais de 280 pessoas estão na embarcação, entre passageiros e tripulantes.

O navio vai ancorar no Porto de Manaus, no Centro, às 6h e a previsão é que parta ainda hoje, às 17h.

A recepção dos cruzeiros é feita por equipes da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), em parceria com a Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur). Além da entrega de material informativo aos turistas, a tripulação do M/S Hanseatic também receberá uma placa de boas-vindas por visitar pela primeira vez a cidade.

caribe-transatlantico-02Mais de 12 mil estrangeiros já passaram por Manaus desde o começo da Temporada de Cruzeiros, em novembro de 2014. Até o final dela, em maio, a expectativa é que cerca de 15 mil turistas passem pela cidade. Os navios vêm de origens distintas como o continente europeu, Caribe, Peru, Uruguai e até a Antártida.

Economia

De acordo com dados divulgados pela Amazonastur, a Temporada de Cruzeiros deve injetar na economia do Estado cerca de US$ 3,3 milhões. O valor é 12,81% maior em relação à temporada 2013/2014, que contou com um saldo de US$ 2,9 milhões. Além disso, por conta da repercussão positiva da cidade na Copa do Mundo, Manaus também recebe três cruzeiros norte-americanos a mais que na temporada passada.

caribe-transatlantico-03Apoio

Além da Manauscult e Amazonastur, as ações de recepção aos cruzeiros contam com o apoio das polícias Federal, Militar e Civil, Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e a administração do Porto de Manaus. Esses órgãos, entre outros, compõem o Grupo de Gestão Integrada (GTI-Turismo).

Roberto Brasil