Tonantins, Novo Aripuanã e Manicoré ganham Feiras Regionais

By -

O Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), inaugurou neste fim de semana novas Feiras Regionais em três municípios do interior. Desta vez, os municípios beneficiados com os projetos são Tonantis (distante cerca de 872 quilômetros da capital),  Novo Aripuanã (a 227 quilômetros de Manaus) e Manicoré (a 390 quilômetros da capital amazonense).

As feiras foram implantadas com o apoio da Secretaria de Estado de produção Rural (Sepror), do Fundo de Promoção Social (FPS) e das prefeituras dos municípios. Os três empreendimentos vão beneficiar mais de 160 famílias de produtores rurais e cada feira tem a perspectiva de gerar um faturamento de R$ 25 mil por edição e atrair, aproximadamente, 1.200 consumidores a cada evento.

“Nossa meta, também, é comercializar pelo menos 6.500 quilos de produtos agropecuários, aquecendo a economia de cada município com a geração de emprego e renda. Além de desenvolver a economia da região, vamos possibilitar que os consumidores tenham produtos de boa qualidade a um preço justo”, explicou o presidente da ADS, Lissandro Breval.

De acordo com ele, as feiras vão agregar mais valor aos produtos, com a retirada do atravessador da cadeia de comercialização e ao mesmo tempo irão proporcionar produtos mais acessíveis com a venda direta para o consumidor final. “A exclusão dos atravessadores – que são comerciantes que intermediam os itens do produtor até o consumidor final – garantirá uma redução de até 20% sobre os produtos”, explicou o presidente da ADS.

Estrutura

As edições das Feiras Regionais em Tonantins, Novo Aripuanã e Manicoré vão acontecer, semanalmente, e contam com uma estrutura de 300 a 400 metros quadrados, coberta por tendas de estrutura metálica e lona, expositores para pescado, mesas, cadeiras e fardamento para a caracterização dos agricultores.

Cada nova feira implementada recebe da ADS kits com tendas de 10m x 10m, expositores de inox para peixes, mesas de plástico branca, aventais e bonés para a caracterização dos produtores (a quantidade de materiais varia de acordo com a estrutura da feira). Todo o material para a montagem chega até o munícipio na semana que antecede a inauguração da primeira edição.

Em suas inaugurações todas as feiras contam com atendimento do Balcão de Agronegócios da ADS (responsável por escoar a produção local) e recebem toda a assistência dos técnicos responsáveis da agência. O gerente das feiras relata a importância desta estrutura oferecida aos produtores nos interiores.

Ampliação

Com as inaugurações das três novas Feiras Regionais neste fim de semana, a Agência de Desenvolvimento Sustentável soma agora 14 feiras interior do Amazonas. Além das cidades contempladas agora, já possuem Feiras da ADS os municípios de Apuí, Silves, Boa Vista do Ramos, Parintins, Rio Preto da Eva, Manacapuru, Novo Airão, Beruri, Tefé e Novo Remanso. Segundo Lissandro Breval esta ampliação já aumentou em quase 20% o faturamento das feiras em todo o Estado.

“A ampliação das feiras para os interiores resultou em um aumento significativo no faturamento geral do Estado. De janeiro a junho deste ano, as Feiras Regionais administradas pela ADS movimentaram R$ 8.215.532 contra R$ 4.351.215,00, no mesmo período do ano passado”, afirmou.

A Agência coordena, atualmente, oito Feiras de Produtos Regionais na capital: Feira da Agremiação de Subtenentes e Sargentos da Amazônia (ASA); no Clube dos Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica (Cassam); Shopping Sumaúma; Shopping Ponta Negra; Shopping Via Norte; Feira  da Escola Estadual Júlio César de Moraes Passos, na Cidade Nova; Feira do Comando da Polícia Militar (PM) e a Feira de Orgânicos no Instituto Nacional da Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Roberto Brasil