TJAM cede sala para OAB no Fórum de Parintins

By -
"Estamos felizes de hoje assinarmos esse termo de cessão para que a Ordem possa se instalar em Parintins", afirmou Graça Figueiredo

“Estamos felizes de hoje assinarmos esse termo de cessão para que a Ordem possa se instalar em Parintins”, afirmou Graça Figueiredo

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Amazonas (OAB-AM) terá, a partir desta quarta-feira, dia 6, uma sala nas dependências do Fórum Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, localizado na Comarca de Parintins, cedida pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

O termo de cessão foi assinado ontem, dia 5, pela presidente do TJAM, desembargadora Graça Figueiredo e pelo presidente da OAB-AM, Marco Aurélio Choy, na sala de reuniões da presidência do Poder Judiciário do Estado.

Segundo a desembargadora-presidente, essa parceria entre as duas instituições é um desejo antigo. “É uma ideia amadurecida no sentido de que os nossos parceiros como a OAB, a Defensoria e o Ministério Público também fazem parte dessa promoção da Justiça. Então, nós estamos felizes de hoje assinarmos esse termo de cessão para que a Ordem possa se instalar em Parintins”, explicou.

Graça Figueiredo revelou que, atualmente, o município conta com mais de 60 advogados. “E isso é muito importante também para o jurisdicionado, pois agora eles ficam cientes de que a OAB está em pleno funcionamento, com todas as garantias e trabalhando cada vez mais no acolhimento da população”, disse.

Marco Aurélio Choy, presidente da Ordem, afirmou que o ato da presidência do TJAM, em ceder o espaço, possui bastante simbolismo em deferência dos advogados do Amazonas, e especialmente os de Parintins. “A sala funcionará como um apoio. Nela, o profissional contará com computador, scanner, impressora e ficará aberta ao público advogado. Isto é um ganho significativo para a advocacia de Parintins”, finalizou.

Também participaram da assinatura do terimo de cessão, o diretor da Divisão de Contratos e Convênios do TJAM, Sidney Tadeu Alves e a vice-presidente da OAB-AM, Adriana Lo Presti Mendonça.

Roberto Brasil