Terremoto atinge Japão e tufão Haima chega à China

By -
Tremor provocou danos pequenos em prédio da Tottori

Tremor provocou danos pequenos em prédio da Tottori

Um terremoto de 6,6 graus na escala Richter deixou 40 mil casas sem energia elétrica na região oeste do Japão. Segundo autoridades, não há risco de tsunami e, até o ínicio da manhã desta sexta-feira, 21, não havia registros de vítimas. O epicentro do fenômeno ocorreu na cidade de Tottori, no sul.

Nas Filipinas, o tufão Haima matou ao menos 12 pessoas na região norte do país na quinta-feira, além de provocar ventos de até 225 quilômetros por hora e fortes chuvas, e causar inundações e deslizamentos de terra.

Ao deixar o país, o fenômeno chegou a Hong Kong e se aproxima, nesta sexta-feira, da parte sul da China. Na cidade de Shenzhen, na Província de Guangdong, autoridades locais já determinaram o fechamento temporário de escolas, mercados e fábricas, além de orientar o esvaziamento de algumas regiões.

Em Hong Kong, os ventos chegaram a 109 quilômetros por hora. Mais de 740 voos foram cancelados ou sofreram mudanças de horário.

(com AP)

Roberto Brasil