Termina prazo que eleitor não pode ser preso

By -

A partir das 17h desta terça-feira (30), eleitor já pode ser preso ou detido, e também é o fim da validade de salvo-conduto expedido pelo Juízo Eleitoral ou Presidente da Mesa Receptora. Na quarta-feira (31), é da mesma forma o último dia para mesários que abandonaram os trabalhos durante a votação do último dia 28, apresentarem justificativa ao Juízo Eleitora // Sara Matos

Redação