Temer rearticula Congresso para votação da Reforma da Previdência

By -

Presidente declarou que o Brasil está recuperando o dinamismo da economia (Foto: Lintao Zhang/Reuters)

Em entrevista exclusiva à Band em Pequim, na China, o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou estar rearticulando a base do governo no Congresso para garantir a votação da Reforma da Previdência, um dos carros-chefes de suas propostas para recuperar a economia do país.

O peemedebista falou ainda sobre a ampliação da parceria com a China. Ao discursar para investidores chineses, o presidente declarou que o Brasil está recuperando o dinamismo da economia e voltando para “o trilho do desenvolvimento”.

Temer destacou que o país asiático pretende extender a relação para áreas como cultura e esporte. Um exemplo é o acordo que estabelece a construção de escolas de futebol na China.

Ao falar sobre a relação com o presidente chinês, Temer disse ser “praticamente de amizade”, já que os políticos já se encontraram pelo menos cinco vezes.

O político voltou a comentar resultados recentes da economia e disse que resultados como o PIB em 0,3% e a “criação de 720 mil empregos” são surpreendentes e disse não se preocupar com uma possível nova denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Volta aos trilhos

Em seu terceiro dia de viagem à China, Temer discursou para 360 empresários no encerramento do Seminário sobre Oportunidades de Investimento promovido pela Apex-Brasil.

“Sei, tenho a mais absoluta convicção, pelos encontros que tive nesses dois dias aqui na China, com as autoridades que gentilmente nos receberam, que a China continuará ao lado do Brasil, neste momento em que voltamos para o trilho do desenvolvimento. Sei que os empresários chineses são e seguirão sendo grandes parceiros nessa empreitada”, disse.

BAND

Roberto Brasil