“Temer não tem medo de investigações”, diz Romero Jucá

By -
Sen. Romero Jucá

Sen. Romero Jucá

O presidente do PMDB, Romero Jucá, disse ontem que o Partido e Michel Temer apoiam a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que autorizou a Polícia Federal a procurar provas sobre irregularidades na eleição da chapa Dilma-Temer. No entanto, o senador fez a ressalva de que as prestações de contas devem ser atribuídas somente ao PT.

— O Temer não tem medo de investigação. Pelo contrário, o vice-presidente apoia as investigações da Polícia Federal e do TSE. Isso é legítimo. O PMDB e o próprio Temer têm dito que nenhuma ação da nossa parte será feita no incentivo de coibir qualquer tipo de investigação. Tudo tem que ser esclarecido, e ninguém está acima da lei.

Jucá ressaltou, porém, que a preocupação do PMDB no momento é com as mensagens que seriam passadas por Dilma e Lula a órgãos internacionais de que o impeachment se trata de um golpe. O senador disse que vai enviar uma nota de esclarecimento à imprensa internacional e dará uma entrevista coletiva a correspondentes, na próxima semana, em Brasília, para justificar a legitimidade do processo.

Aliados do vice-presidente Michel Temer também se mostraram preocupados com a viagem da presidente Dilma Rousseff aos Estados Unidos, na próxima quinta-feira. Na avaliação de peemedebistas, ela usará a agenda internacional na ONU para ventilar entre chefes de Estado que está sendo vítima de um golpe arquitetado pelo próprio companheiro de chapa.

Mario Dantas