TCE realiza Semana de Responsabilidade Fiscal

By -

tce-am-entradaA Escola de Contas  Públicas (ECP) do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) realiza a partir desta segunda-feira (1º) até quarta-feira (3) um debate com três assuntos de extrema importância para a administração pública: a Lei de Responsabilidade Fiscal, a Lei de Acesso à Informação e o Controle Social.

 

Batizado como Semana de Responsabilidade Fiscal, o encontro reunirá no auditório do TCE pelo menos 225 jurisdicionados, representantes da sociedade civil, além de servidores públicos do TCE e de outros órgão e terá palestras do doutor Rodrigo Pironti e dos mestres Jozélia Nogueira e Licurgo Mourão, três autoridade renomadas no mundo jurídico sobre os temas em questão.

 

Com carga horária de 24 horas, a Semana de Responsabilidade Fiscal terá ainda palestra do presidente do TCE-AM, conselheiro Josué Filho, que abrirá o ciclo de debate sobre o controle social no segundo dia, e do coordenador-geral da ECP, conselheiro Érico Desterro.

 

No primeiro dia do seminário, nesta segunda-feira (1º), a professora Josélia Nogueira ministrará o curso de capacitação em Lei de Responsabilidade Fiscal, que será dividido em dois blocos, das 8h ao meio-dia e das 14h às 18h. Ela abordará sobre Renúncia de Receita, Dívida Pública, Precatório, Dívida Ativa, Índice Mínimo de Aplicação de Recursos em Saúde e Educação, entre outros. 

 

No segundo dia será debatido sobre Cidadania e Controle Social, com enfoque para as palestras sobre o “Estado Democrático Brasileiro”, conduzidas por Rodrigo Pironti e Jozélia Nogueira. Nesse dia, o diretor-geral da Escola de Contas Públicas, Harlesson Arueira, vai expor a estrutura do Programa de Formação de Agentes de Controle Social (Profac), cujas inscrições foram prorrogadas por conta da grande procura. Até a semana passada, mais de 250 pessoas haviam realizado as inscrições para concorrer a 150 do Profac. À tarde,  o professor Licurgo Mourão vai falar sobre a Lei de Acesso à Informação e sobre a Prevenção à Corrupção. O professor responderá a questionamentos dos participantes.

 

O terceiro dia de debate, que será mediado pela Escola de Contas Públicas, vai tratar sobre a “Responsabilidade Fiscal e Responsividade (Capacidade de responder rapidamente e do modo mais adequado à situação em questão) do Gestor: uma conduta necessária à probidade administrativa”, que será tratado pelo doutor Rodrigo Pironti.  Nesse dia será aberto a perguntas dos participantes, que serão respondidas pelos professores.

Roberto Brasil