Susam anuncia realização de três novos transplantes durante encerramento de campanha

By -
A ação teve caráter educativo e foi levada a vários shoppings da cidade

A ação teve caráter educativo e foi levada a vários shoppings da cidade

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) anunciou, na última quinta-feira (30), a realização de mais transplantes de órgãos (dois de rim e um de fígado), em procedimentos que beneficiaram pacientes na faixa etária entre 35 e 39 anos. Os transplantes foram possíveis graças ao gesto de solidariedade da família de um jovem de 22 anos, que foi a óbito em decorrência de grave traumatismo cranioencefálico, após ser vítima de ferimento por arma de fogo. O secretário estadual de Saúde em exercício, José Duarte dos Santos Filho, ressaltou que a Central de Transplantes do Estado encerrou uma campanha de sensibilização sobre o tema, que durou todo o mês de abril.

“O gesto desta família que autorizou a doação, tem um simbolismo ainda maior, ao coincidir com o encerramento desta campanha, que busca mais uma vez levar à população informações sobre a importância da doação de órgãos para salvar a vida de pessoas que aguardam por um transplante”, disse Duarte.

O transplante de fígado, realizado na Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), foi o quinto procedimento deste tipo na rede pública de saúde do Amazonas. A cirurgia, que durou cerca de 7 horas e foi concluída nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, beneficiou um paciente de 39 anos, que fazia acompanhamento ambulatorial na instituição desde 2013. Oriundo do município de Eirunepé, o paciente era portador de hepatopatia por vírus da Hepatite B e Delta.

A mesma doação permitiu, ainda, a realização de dois transplantes de rins, que beneficiaram uma paciente renal crônica de 35 anos e um homem de 37 anos, com o mesmo problema. “Além disso, as duas córneas do doador foram encaminhadas para o Banco de Olhos do Amazonas, onde deverão ser processadas e encaminhadas para futuros transplantes”, informou o secretário.

De acordo com informações da Fundação Hospital Adriano Jorge, o paciente que recebeu o transplante de fígado recupera-se na Unidade de Terapia Intensiva, lúcido, com boa evolução, iniciando as atividades de fisioterapia, sendo estimulado a sentar e andar, devendo ser transferido nas próximas horas para o leito de isolamento de transplantados. Como nos outros quatros transplantes do tipo realizados na fundação (tanto a fase de captação do órgão no Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio quanto a de implantação, na FHAJ) foram realizadas por equipe formada por profissionais da própria instituição e do Grupo Hepato, de São Paulo, tutor do programa de transplantes de fígado, implantado pela Susam em setembro do ano passado.

Os dois transplantados com os rins também apresentam boa evolução, compatível com as primeiras horas da pós-cirurgia, de acordo com informações repassadas à Central de Transplantes do Estado, pelo Hospital Santa Júlia – credenciado pelo SUS para o procedimento.

Roberto Brasil