Submarino pode ter sido atingido por mina naval, diz analista

By -

submarino argentino ARA San Juan pode ter sido atingido por uma mina naval do tempo da Guerra das Malvinas – entre a Argentina e o Reino Unido, afirmou à Sputnik o especialista militar, capitão de mar e guerra Vasily Dandykin. 

A Marinha da Argentina informou que foi registrada uma “anomalia hidroacústica que condiz com uma explosão”, na quarta-feira (15), pouco após último contato com o submersível.

Dandykin ressaltou ainda que “em 1982 esta mina poderia ter sido instalada por um submarino britânico, que teria se aproximado furtivamente da costa da Argentina”. Segundo ele, uma mina naval de fundo desta época poderia ainda estar ativa. “Uma tormenta poderia ter separado-a do cabo, atirando-a contra o San Juan”, especulou o analista.

A Guerra das Malvinas decorreu entre 2 de abril e 14 de junho de 1982 entre a Argentina e o Reino Unido pelas ilhas Malvinas (Falklands, em inglês) que estão localizadas no sudoeste do oceano Atlântico a 13 mil quilômetros do Reino Unido e a 400 quilômetros da Argentina. O conflito armado começou com a captura das ilhas Malvinas, Geórgia do Sul e Sandwich do Sul pelo país latino-americano. A guerra  durou 74 dias e terminou com a vitória do Reino Unido.

Roberto Brasil