SSP-AM amplia capacidade de monitoramento de câmeras de Segurança em Manaus

By -

câmeras-de-monitoramentoNa próxima segunda-feira (30), às 9h30, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) lança um pacote inicial de projetos e parcerias que irá ampliar o serviço de monitoramento de vídeo, por meio de Câmeras de Segurança, em diversos pontos da cidade.  A expectativa é inicialmente dobre capacidade de monitoramento, atualmente, realizado por 260 câmeras.

O pacote contempla parcerias com instituições públicas e privadas que fornecem o serviço de segurança e monitoramento por meio de câmeras seguranças. O anúncio será feito durante a programação do “4° Workshop de Entregas e Refinamento dos Produtos Jogos Olímpicos Rio 2016 – Amazonas”, que inicia da segunda-feira (30) e segue até a quarta-feira (1).

A medida também faz parte do edital de chamamento que a SSP-AM lançou em 2015, permitindo a integração de sistemas de monitoramento de empresas privadas ao Ciops, além da parceria com as secretarias estaduais que seguem a orientação do Governo do Estado por conta da crise econômica a qual o Estado enfrenta.

“Um exemplo de parceria com órgãos estaduais está a Defesa Civil do Amazonas. Boletins de ocorrências climatológicos, acompanhamento do clima e ações de segurança para prevenir catástrofes naturais, por exemplo, passarão a ser monitorados dentro do CICC. É importante dizer que, dessa forma estaremos contribuindo para economia do Estado, mas sem comprometer os serviços de segurança prestados à população. Pelo contrário, faremos a ampliação desses serviços”, informou o secretário-executivo-adjunto de Planejamento de Gestão Integrada, coronel Dan Câmara.

Com a assinatura de um Termo de Cooperação Técnica, o sistema de monitoramento de pelo menos oito instituições passam a agregar ao Sistema Integrado de Comando e Controle (SICC), ainda de acordo com o secretário-executivo-adjunto de Planejamento e Gestão Integrada, Dan Câmara.

“Esse é o início para grandes parcerias, atualmente o SICC conta com 260 câmeras instaladas em todas as zonas da cidade. Com essa medida temos a intenção de ampliar a nossa prestação de serviço com 500 a 1mil câmeras, a longo prazo. Isso sem termos impacto financeiro. Otimizando recursos humanos e tecnológicos”, explicou.

Roberto Brasil