Sinésio Campos lamenta suspensão da implantação do Polo Naval do Amazonas

By -
Dep. Sinésio Campos

Dep. Sinésio Campos

Servidores lotados na Delegacia Especializada em Combate ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de O deputado estadual Sinésio Campos (PT) manifestou preocupação com as manchetes dos principais jornais da cidade que afirmam que o Polo Naval do Estado do Amazonas está sem local específico para sua construção e com o processo suspenso.

De acordo com o deputado, o Amazonas é hoje o segundo maior polo naval do país, atrás apenas do Rio de Janeiro, mas está perdendo terreno para estados como Sergipe e Pará. Além disso, uma decisão judicial que suspendeu a implantação do polo naval, até que sejam realizadas consultas prévias, livres e informadas das comunidades tradicionais ribeirinhas que vivem na região.

“A suspensão da implantação do Pólo Naval gera toda essa polêmica, mas já existe recursos para destravar essa proibição. O presidente do Sindnaval-AM (Sindicato da Indústria da Construção Naval, Náutica, Offshore e Reparos do Amazonas), Matheus Araújo, disse que não sabe o que está acontecendo e que é fato que estamos nas mãos do governo do Estado”, disse o deputado.

Roberto Brasil