Sidney Leite diz que polêmica da carne só prejudica a economia do país

By -

Dep. Sidney Leite

O deputado estadual do PROS, Sidney Leite, em sessão plenária desta terça-feira, 21, afirmou que a polêmica em torno da “Operação Carne Fraca”, deflagrada pela Polícia Federal, acarretará sérios prejuízos à economia do país. Hoje, a União Europeia e países como Chile, China e Coreia do Sul suspenderam a compra da carne brasileira. 

“Eu não sou contra a investigação, se existe ilícitos tem que ser apurado mesmo, o que não pode é fazer espetáculo e jogar fora a reputação que o Brasil construiu sobre a qualidade da carne ao longo desses anos”, disse o deputado, ao destacar que o agronegócio é a atividade econômica de maior êxito no País. 

O deputado destacou que em 2016 o Brasil arrecadou R$ 138 bilhões através desse segmento. “O agronegócio movimenta centenas e centenas de empregos no Brasil inteiro, agora, 35% do mercado comprador de carne acabou de suspender a compra, como é o caso da China, Chile, Coreia do Sul e União Europeia”, lamentou. 

Sidney ainda alertou que recuperar a credibilidade do mercado de carne poderá levar anos. “O Brasil já ficou sem vender carne para a Rússia durante 10 anos porque em 2004 houve um foco de Febre Aftosa no Amazonas”, lembrou.

Para o deputado, a investigação das irregularidades é importante, mas não deve generalizar o setor. “Eu entendo que todas as medidas que estão sendo tomadas elas podem e devem ser tomadas, mas que não comprometa o todo, não dá pra dizer que o que o acontece em 21 frigoríficos investigados acontece nos 4.837 outros espalhados pelo país”, concluiu.

Roberto Brasil