Sidney Leite defende reforma política com fim de eleições a cada dois anos

By -
Dep. Sidney Leite

Dep. Sidney Leite

O deputado estadual Sidney Leite (PROS), líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), afirmou que defende o fim das eleições a cada dois anos, para Estado e municípios. O parlamentar fez a declaração no plenário da Casa ao discutir a reforma política, que deverá ser votada a partir de março no Senado.

O deputado também defende o maior tempo de mandato – de cinco anos – e o fim da reeleição no Poder Executivo. Segundo Leite a realização das eleições num curto espaço de tempo gera custos altíssimos para manter a justiça eleitoral e manter todo o processo posterior a uma eleição, além de dificultar um trabalho conjunto entre Estado e Município.

“O Brasil não aguenta mais ter eleições de dois em dois anos. E quando falo nisso não falo do exercício do voto, do exercício da livre escolha, falo do custo de uma eleição. É muito caro para manter a justiça eleitoral e manter todo processo. E outra, quando um prefeito se elege, e toma pé da situação, já é o último ano do governador. Não há sintonia do poder estadual e municipal.”

Em Brasília, uma Comissão Especial foi instalada para debater a reforma política. O colegiado será presidido pelo deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) e deverá iniciar suas atividades após o período do Carnaval. O deputado federal pelo Amazonas, Átila Lins (PSD), integra a comissão.

“Irei procurar o Átila para apresentar alguns pontos que defendo como o fim das eleições a cada dois anos, o voto proporcional e o fim da reeleição para o executivo, passando o mandato a ser de cinco anos, isso garante a alternância do poder e consolidação do processo democrático”, afirmou Leite

Mario Dantas