Serviço para detectar de forma precoce o HIV, sífilis e hepatite será ampliado na capital

By -

teste-rapido-hivManaus continua investindo na meta de ampliação da oferta de teste rápido para HIV, sífilis e hepatite B e C, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que está preparando para outubro uma nova capacitação em Testagem Rápida e Aconselhamento. O público alvo são 60 enfermeiros e técnicos de enfermagem que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da zona Sul de Manaus.

“Atualmente, a Semsa oferece o teste rápido em toda a cidade, por meio de 73 UBSs. Com a nova capacitação, a zona Sul, onde 19 unidades de saúde já oferecem o serviço, contará com mais 18 UBSs realizando a testagem rápida, totalizando 37 pontos de atendimento”, informou o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto.

A Semsa realizou nos meses de julho e agosto uma média mensal de 5,4 mil testes rápidos para HIV; 5,3 mil para sífilis; e 4,4 mil para hepatite C.

De acordo com a técnica responsável pelo programa de Controle de Doenças Sexualmente Transmissíveis/Aids) e Hepatites Virais do Distrito de Saúde Sul (Disa Sul), assistente social Ivamar Moreira da Silva, os profissionais que serão capacitados trabalham em 17 Unidades Básicas de Saúde da Família e na UBS Nilton Lins, inaugurada no mês de julho. Além disso, a capacitação vai envolver profissionais das UBSs José Rayol dos Santos, no bairro Flores, e Morro da Liberdade, no bairro Morro da Liberdade.

“São as duas UBSs da zona Sul que funcionam em horário ampliado, das 7h às 21h, e que já oferecem a testagem rápida, mas que precisam disponibilizar o atendimento de manhã, tarde e noite, e por isso, mais profissionais precisam ser capacitados”, assegurou a assistente social.

Nas UBSs que trabalham com a Estratégia Saúde da Família, a prioridade é garantir e facilitar o aceso ao teste rápido para as mulheres que realizam o pré-natal, já que o HIV, sífilis e hepatite podem ser transmitidos para o bebê durante a gestação e o parto.

“Normalmente as gestantes que são atendidas nas Unidades Básicas de Saúde da Família, que não oferecem o teste, são encaminhadas para realizar o exame nas UBSs que já oferecem o serviço. O objetivo é fazer com que a gestante possa fazer o teste rápido no mesmo local onde realiza o pré-natal, não havendo necessidade de deslocamento da paciente para outro ponto de atendimento, acelerando o início do tratamento quando o exame tem resultado positivo”, ressaltou Ivamar Moreira.

A capacitação vai acontecer nos dias 07 e 08 de outubro, das 8h às 12h e das 13h às 17h, em duas turmas, no auditório da UBS Japiim, rua 31 de Março, 710, conjunto 31 de Março, bairro Japiim I.

Roberto Brasil