Sensibilização contra queimadas leva educação ambiental ao Puraquequara

By -

16-08-16-Palestra sobre queimadas.foto.Marinho Ramos (2)

Professores, alunos e pais da comunidade Bela Vista, no bairro Puraquequara, zona Leste, receberam na manhã desta terça-feira, 16, uma ação de sensibilização dentro da Campanha de Combate às Queimadas 2016. Com palestra e exibição de vídeos que retratam os efeitos nocivos das queimadas para o meio ambiente e a saúde do homem, a ação aconteceu na sede da Escola Municipal Francisco Nunes da Silva e reuniu mais de 400 pessoas.

 

O trabalho foi desenvolvido em parceria entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio do Projeto Oca Vai à Escola, cujo foco é sensibilizar e formar agentes multiplicadores de informações, sobretudo nas áreas em que são registrados os maiores índices de denúncias de queima.

16-08-16-Palestra sobre queimadas.foto.Marinho Ramos (4)

O Puraquequera é uma dessas áreas. De janeiro a junho deste ano, das 176 denúncias recebidas pela Semmas, relativas a focos de queima, mais de 50% estão concentrados nas zonas Leste e Norte. Durante a palestra, alunos e professores confirmaram que o problema acontece com frequência na comunidade.

 

A dona de casa Eliana Ferreira da Silva, 42, afirmou que sofre com a fumaça das queimadas que ocorrem geralmente no final da tarde. “Os vizinhos queimas, trazem muita poluição e aumentam o calor e sofre mais quem tem criança em casa”, afirmou a mãe de três filhos.

 

Gestora da escola, que tem aproximadamente 900 alunos matriculados, Mariana Tavares Frazao Pereira considerou a iniciativa importante para sensibilizar os adultos da comunidade. “As crianças levam para os pais essa mensagem, é como se conseguíssemos entrar com a escola nas casas das famílias”, comparou.

 

A coordenadora da OCA Puraquequara, Antonia Francinea Souza da Silva, acredita na mudança de atitude por meio da sensibilização ambiental. “Aqui ainda persiste o hábito de queimar lixo no quintal, por ser uma área em que as residências tem muitas árvores, mas  esse é um trabalho de formiguinha”, afirma.

 

A OCA Puraquequara desenvolve um trabalho regular de mobilização da comunidade por meio de atividades de educação ambiental. “Quando os pais não vão participar das nossas oficinas e palestras, nós vamos às casas deles. Com isso, temos várias famílias que já estão mudando alguns hábitos, como o da queima de resíduos, por exemplo”, observou.

 

Conforme o chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo, várias ações deverão ocorrer em parceria com as secretarias envolvidas na Campanha de Combate às Queimadas 2016. “Trabalhamos em várias frentes e contamos com o apoio dos órgãos parceiros. No Puraquequara, por estar situado numa área de transição entre as zonas urbana e rural de Manaus, o apoio da OCA do Conhecimento Ambiental da Semed é fundamental para obtermos êxito na tentativa de mudarmos comportamentos”, afirmou.

 

Desde o dia 1º de julho, quando a campanha foi lançada, o trabalho desenvolvido em parceria com as Secretarias Municipais de Educação (Semed), por meio das OCAs do Conhecimento Ambiental, Saúde (Semsa) e Limpeza Pública (Semulsp), já levou formação para mais de 800 pessoas, entre professores, pedagogos, alunos e gestores de escolas da rede municipal de ensino, agentes de educação ambiental e de endemias.

Mario Dantas