Seminário discute perspectivas do setor funerário do Amazonas

By -

CEMITÉRIO DO JATUARANA 2

No próximo dia 4 de dezembro, o Sindicato das Empresas Funerárias do Estado do Amazonas (Sefeam), em parceria com o Centro Universitário Luterano de Manaus (Ceulm/Ulbra), realiza o Seminário “Perspectivas do Setor Funerário do Amazonas”, das 18h às 21h, no auditório Martinho Lutero, do Centro Universitário Luterano de Manaus (Ceulm/Ulbra), no Japiim 2, Zona Sul.

De acordo com o presidente do Sefeam, Manuel Viana, esse Seminário tem o objetivo de debater sobre as oportunidades de crescimento do setor, além da necessidade de se pensar o sistema funerário do Estado.
Todos os anos, cerca de dez mil pessoas morrem em Manaus, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus. A capital amazonense tem somente dez cemitérios públicos, porém, apenas um – Cemitério Nossa Senhora Aparecida (Parque Tarumã) – tem espaço disponível para novas sepulturas. “Por isso, Manaus poderá entrar em colapso do sistema funerário em um curto prazo de tempo”, alertou Manuel Viana, explicando que o problema vem de algumas décadas, já que todos os prefeitos passados não se preocuparam com o sistema funerário, tendo em vista o crescimento e o desenvolvimento da cidade, cabendo à nova administração buscar uma solução para o setor.
Recentemente, o Sefeam elaborou uma cartilha para orientar e facilitar a vida das famílias que perderam entes queridos e precisam usar o sistema funerário com segurança, evitando ser enganadas por empresas ou pessoas irregulares no mercado. “O Sindicato estará sempre aberto à população para denúncias e sugestões, bem como para orientação sobre o sistema funerário”, disse Viana, ressaltando que a cartilha, de distribuição gratuita, dá dicas de como obter a declaração e a certidão de óbitos, documentos obrigatórios para o sepultamento e que devem ser emitidos pelos órgãos públicos.

Farão parte da programação do Seminário palestras com temas importantes para a área: “Impactos ambientais e arquitetônicos das edificações dos cemitérios de Manaus”, a ser ministrada pela consultora e professora de Arquitetura e Urbanismo da Ulbra, Reny Moita; “Situação e perspectivas do setor funerário no Brasil”, ministrada pelo presidente da Associação das Empresas de Pax e Funerárias no Estado do Mato Grosso do Sul (AEPAF/MS), Ilmo Cândido; “Agregando valor e ampliando os serviços ao mercado funerário”, pelo presidente do Sefeam, Manuel Viana; e “A legislação e o sistema funerário em Manaus”, pelo secretário Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), Paulo Farias.

Foram convidados para participar desse Seminário, dentre outros órgãos e entidades: Prefeitura de Manaus, Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp), estudantes da Ulbra Manaus, além da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), Câmara Municipal de Manaus (CMM) e empresários do setor.

Mario Dantas