Seminário da OAB/AM reúne mulheres para falar sobre Feminicídio

By -

Aproximadamente 300 mulheres participaram na tarde desta quinta-feira (31), do seminário sobre Feminicídio, que aconteceu na sede da OAB/AM, av. Umbeto Calderaro Filho, Aleixo.  Realizado pela Comissão da Mulher Advogada da OAB/AM, o evento tem o intuito de debater sobre causas, efeitos e prevenções do Feminicídio, e contou com palestra em volta, o protagonismo feminino, o enfrentamento ao Feminicídio e outros.

Durante o encontro a psicóloga Lorena Benayon, que ministrou a palestra Superação da Violência: Resignificando a Vida, destacou a importância de tornar este tema, por mais que doloroso, uma luta. “O feminicídio é um tema com uma carga muito pesada, porém é necessário falar sobre este assunto, pois só assim é possível prevenir que esse assassinato de mulheres continue acontecendo”,

A presidente da Comissão da Mulher Advogada, Gláucia Barbosa, afirma que o crime de Feminicídio é o responsável pelo Brasil saltar da sétima posição para a quinta no Ranking da ONU, devido aos dados de violência contra mulher. “O mapa da violência em 2016, mostrou quão grave é esta realidade, e por isso a Comissão realiza um trabalho contínuo e voluntário de orientação às vítimas de violência bem como de despertamento da sociedade para este crime tão presente.

A estudante Tatiane Silva, ressaltou a importância do debate para estudantes acadêmicos. “Os dados atuais nos mostram o quanto é importante debater o assunto. Reconhecer a violência é o princípio de mudanças grandiosas para a classe feminina, nós estamos cercadas de amigas ou conhecidas que já passaram por algum tipo de violência e isso demonstra quão grave está situação se encontra”, disse.

Roberto Brasil